Família pede ajuda para trazer corpo de brasileira morta em Londres

Anúncio
Clique na imagem. Link direto para Whatsapp

Mulher foi assassinada enquanto carregava um dos filhos no colo. Aliny Mendes é mãe de outras três crianças, que terão de ser adotadas.

Uma vaquinha virtual tenta arrecadar fundos para trazer ao Brasil o corpo da brasileira Aliny Mendes, 39 anos. A mulher foi morta em Londres, na Inglaterra, na madrugada de sábado (9/2). Segundo a polícia local, ela estava a caminho da escola de seus filhos quando foi atacada a golpe de faca. No momento do crime, Aliny estava com uma das crianças no colo.

Agora, amigos e parentes da brasileira querem arrecadar 40 mil libras esterlinas – o equivalente a R$ 193 mil – para arcar com o traslado do corpo até Minas Gerais, onde a brasileira nasceu. A ideia é ainda contratar também um advogado para cuidar da guarda dos quatro filhos da mulher.

Segundo a postagem na página de arredação de dinheiro, as crianças terão de ser adotadas, e a intenção é que elas sejam mantidas juntas. Até as 19h20 deste domingo (10), a campanha já havia arrecadado 98% do valor total.

“Por favor, encontrem em seus corações um motivo para apoiar essa causa e ajudar essas crianças que agora vão crescer sem pais. Além disso, queremos colocar Aliny para descansar em seu país de origem, o Brasil”, diz o texto, em inglês.

Morte brutal

Aliny é mãe de quatro filhos e estava indo buscar os outros três no centro de ensino onde estudam no momento do crime. Um homem teria saído do banco de passageiros de uma caminhonete e a atacado. A criança que estava em seu colo não se feriu. O assassinato ocorreu em um subúrbio considerado calmo pelas autoridades locais.

A polícia já prendeu dois homens acusados de participação no homicídio. Segundo o jornal britânico Daily Mail, a suspeita é que seja um “crime doméstico”, já que o homem teria chamado Aliny pelo nome antes de esfaqueá-la.

Aliny se separou recentemente do marido e mudou-se para a região londrina. Católica, era conhecida na igreja do bairro e muito querida por todos. No local do crime, amigos e vizinhos da brasileira depositam flores e prestaram homenagens.