Fase vermelha: Estado mantém comércio fechado em Araras, SP

Embora apresente uma situação melhor do que outros municípios, a cidade é obrigada a seguir a mesma regra determinada pelo governo estadual para as demais cidades que fazem parte da região de Piracicaba (SP).

O Governo do Estado de São Paulo manteve Araras (SP) na fase vermelha do Plano São Paulo, com medidas mais restritivas para o combate ao novo coronavírus (Sars-CoV-2), causador da covid-19. A medida é válida para todos os 26 municípios que integram a região de Piracicaba – da qual Araras faz parte – e foi anunciada nesta sexta-feira (31).

Com isso, o comércio classificado como não essencial (lojas de calçados, roupas, móveis, etc) permanece fechado, permitindo apenas o serviço de delivery (entrega). Apenas os estabelecimentos classificados como essenciais (supermercados, açougues, postos de combustíveis, oficinas, etc) seguem abertos.

Embora apresente uma situação melhor do que outros municípios que integram a regional de Piracicaba (SP), no que diz respeito principalmente à taxa de ocupação de leitos, e mantenha o mesmo índice de isolamento social com as lojas abertas ou fechadas, Araras é obrigada a seguir a mesma regra determinada pelo governo estadual para as demais cidades que fazem parte da região.

clique na imagem e saiba mais

Na atualização de 24 de julho, a região estava com taxa de ocupação de leitos de UTI em 84,8% e era a segunda mais alta do estado. Nesta sexta, é a que tem menor taxa entre as que estão na fase vermelha.

De acordo com o estado, a região continua na vermelha por mais uma semana por ter regredido em uma atualização extraordinária. Em 13 de julho o DRS avançou para a fase laranja e uma semana depois, em 20 de julho, voltou para a vermelha. Essa regressão rápida faz com que a tendência seja a região permanecer por 21 dias na fase mais restritiva.

O cumprimento da medida estadual é fiscalizado nas cidades pelo Ministério Público local. Pelo entendimento da Justiça, vale sempre a regra mais restritiva, ou seja, a determinação menos flexível no combate ao vírus. Os prefeitos podem adotar ações mais rígidas do que as definidas pelo Estado, caso julguem necessário, mas não podem deixar de seguir as determinações estaduais, caso elas sejam mais duras com relação às atividades comerciais.

A Prefeitura Municipal de Araras vem adotando diversas medidas para o combate ao novo coronavírus desde o início da pandemia, em março deste ano. As mais recentes incluem o aumento no número de leitos na Santa Casa para atender pacientes com covid-19 e ampliação da testagem de suspeitos, que deve começar nos próximos dias.

Funcionamento do comércio em Araras:

Comércio essencial

(supermercados, açougues, postos de combustíveis, oficinas etc)

Liberado para todos os dias da semana, nos horários de seus respectivos alvarás

 

Comércio não essencial

(lojas de roupas, calçados, móveis etc)

Permitido apenas delivery (entrega em domicílio)

 

Bares, restaurantes e depósitos de bebidas

Proibido consumo no local

Permitido somente delivery (entrega em domicílio) e drive thru (retirada no local)