Festa reúne pessoas aglomeradas e sem máscara em Campinas, SP

Prefeitura confirmou existência de alvará, mas informou que produtora devia ter cumprido as normas de distanciamento social. Metrópole atingiu lotação máxima em UTIs municipais.

Uma festa reuniu centenas de pessoas no sábado (20), em Campinas (SP). Vídeos que circulam pelas redes sociais mostram os participantes aglomerados e sem máscara de proteção no evento, o que é proibido devido à pandemia do coronavírus.

Segundo publicações em uma rede social, a festa “Beleza Pura Sunset” aconteceu no distrito de Joaquim Egídio. O dono do espaço afirmou que alugou o espaço para uma produtora de eventos que possuía alvará de funcionamento e, por isso, ele não tem responsabilidade sobre a irregularidade.

A Prefeitura Municipal de Campinas confirmou a existência do alvará, mas informou que a produtora deveria ter cumprido as normas de distanciamento social. Além disso, a administração garantiu que a empresa será notificada e, caso descumpra novamente as regras de proteção à Covid-19, perderá a autorização para funcionar.

clique na imagem e saiba mais

Responsável por promover o evento, a agência Nato assegurou que segue todas as regras e que as imagens mostram “momentos esporádicos e atípicos que não condizem com a realidade do funcionamento do bar”.

A Guarda Municipal, por sua vez, disse que não recebeu denúncia para coibir a festa, que ocorreu um dia antes de a metrópole atingir 100% de ocupação em UTIs Covid na rede pública.

O último boletim epidemiológico, divulgado na sexta-feira (19), aponta que o total de pessoas contaminadas pelo coronavírus em Campinas, desde o início da pandemia, subiu para 67.138. Destes, 1.801 não resistiram às complicações da Covid-19 e vieram a óbito.

ÁGIL DPVAT