FIFA estuda punir Palmeiras e clube pode ser rebaixado para a série B

Ex-presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, faz parte do quadro de membros do Conselho Deliberativo, do clube alviverde.

Por esse motivo o Palmeiras pode ser punido pela FIFA (Federação Internacional de Futebol) e rebaixado para a Série B do Campeonato Brasileiro. A informação foi divulgada pelo no Estado de S. Paulo.

O clube paulista está sujeito às sanções previstas no artigo 64 do Código Disciplinar da Entidade de acordo com um porta-voz da Fifa.

Segundo o regulamento, o clube que não respeitar uma decisão aprovada por órgãos internos “será avisado e notificado que, no caso de inadimplência ou não cumprimento de uma decisão dentro do prazo estipulado, pontos serão deduzidos ou será ordenado o rebaixamento para uma divisão inferior”. A punição ainda prevê proibição de transferência de jogadores.

Caso

Del Nero foi banido pela Fifa em 2018 após ser culpado por suborno e corrupção, conflito de interesses e desvio de conduta. O ex-cartola foi multado em 1 milhão de francos suíços (R$ 3.5 milhões na cotação atual) e foi permanentemente proibido de exercer qualquer função no futebol.

Após o comunicado da Fifa, em abril do ano passado, a CBF mudou o comando da entidade e confirmou o então vice-presidente Antônio Carlos Nunes de Lima como novo presidente.

Del Nero apresentou um pedido de afastamento do Palmeiras na época de sua punição, mas não foi expulso em definitivo. A questão entre o ex-cartola e a Fifa ainda não está totalmente resolvida, já que Marco entrou com recurso contra a decisão da entidade.

Mesmo não estando presente em reuniões do Conselho, a presença de Del Nero no clube se enquadra nos moldes de punição previstos no regulamento da entidade máxima do futebol.

Atual Campeão brasileiro o Palmeiras não se pronunciou sobre a punição da Fifa e o possível rebaixamento para a Série B.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP