Fiscalização impede festa e interdita bares com aglomeração e música ao vivo em Piracicaba, SP

Força-tarefa fez inspeções em 54 estabelecimentos comerciais durante o fim de semana.

A força-tarefa para fiscalização em Piracicaba (SP) impediu a realização de uma festa que reuniria cerca de 100 pessoas e interditou bares durante o fim de semana. O grupo é formado pelo Centro de Vigilância em Saúde (Cevisa), Secretaria de Finanças, Guarda Civil Municipal e Polícia Militar

Entre a última quarta-feira (10) e domingo (14) foram feitas 54 inspeções em estabelecimentos comerciais. Em alguns casos, os locais foram interditados por ultrapassar o horário de funcionamento e promover a aglomeração de pessoas, inclusive com música ao vivo.

Na sexta-feira (12), a força-tarefa impediu uma festa clandestina que poderia reunir cerca de 100 pessoas. As equipes receberam denúncias anônimas sobre o evento, que aconteceria na zona Oeste do município.

clique na imagem e saiba mais

Como as viaturas chegaram uma hora antes da festa, não houve confronto e a paralisação foi pacífica, segundo a prefeitura.

Entre sábado e domingo a fiscalização concentrou as ações em bares no Centro e próximos à Avenida Carlos Botelho. Denúncias alertavam que alguns deles promoviam aglomeração de pessoas, com a apresentação de música ao vivo.

Alguns dos estabelecimentos foram interditados por conta do descumprimento dos decretos de quarentena. As denúncias sobre festas clandestinas ou aglomerações podem ser feitas pelos telefones 153 (Guarda Civil Municipal) e 156 (Serviço de Informação à População).

ÁGIL DPVAT