“Fizeram eu desistir”: Polícia Militar evita suicídio de pintor desempregado em Araras, SP

Após algum tempo depois de muita conversa, ele desistiu do suicídio, e bastante emocionado acompanhou a equipe para fora da mata sem resistência.

Na tarde desta segunda-feira (01) os policiais militares cabo Barros e soldado Saturnino – equipe de ROCAM, estavam em patrulhamento pelo bairro Parque Tiradentes, quando foram informados por uma pessoa que um indivíduo teria entrado com uma corda no meio da mata na Av. Orpheu Manenti com Estrada das Jandaras, para tentar suicídio.

Imediatamente foi solicitado apoio das demais viaturas de serviço, comparecendo no local sargento Ricardo, cabo Ramos, cabo Walmir, cabo Juliano, soldado Müller e soldado Viana. Com a chegada das equipes os policiais adentraram a área verde, onde após alguns metros visualizaram um homem de 49 anos prestes a ceifar a própria vida com uma corda amarela amarrada em uma árvore.

clique na imagem e saiba mais

Foi iniciado um diálogo para acalmar o mesmo na tentativa de impedir que realiza-se tal ato. Após algum tempo, depois de muita conversa, ele desistiu do suicídio, e bastante emocionado acompanhou a equipe para fora da mata sem resistência.

O pintor disse aos policiais que está passando por dificuldades em arrumar emprego, e que depois do almoço não sabe o que passou pela sua cabeça, mas comprou alguns metro de corda e iria tirar sua vida. “Quando eu estava pronto para cometer o suicídio, os policiais chegaram e depois de conversar comigo fizeram eu desistir. Pedi desculpas pelo ocorrido”, disse.

Logo após o resgate realizado com sucesso, foi solicitado apoio do Corpo de Bombeiros, que o levou para o PRONTO SOCORRO do Hospital São Luiz, onde recebeu todos os cuidados médico necessário, permanecendo em observação.