O ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, vai ficar sem visita e sem TV na cela por 10 dias

Cabral está cumprindo pena por crimes de corrupção no presídio Pedrolino Werling de Oliveira, no Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, no Rio, e ontem teve vistoria.

Ele e foi flagrado com uma quantidade de dinheiro acima do permitido e, por isso, punido.

A vistoria foi feita pela corregedoria da Secretaria de Administração Penitenciária, em uma ação conjunta com o Ministério Público do Rio de Janeiro.

O valor encontrado com Cabral não foi revelado.

Segundo reportagem da Agência Brasil, o montante máximo que os detentos podem guardar na cela é 95 reais e 40 centavos, ou seja, 10% do salário-mínimo.

O dinheiro serve para pagar gastos na cantina do presídio.


Aviso: Os comentários só podem ser feitos via Facebook e são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros, sendo passível de retirada, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Tem uma sugestão de reportagem? Nos envie através do WhatsApp (19) 99861-7717.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here