Força-tarefa é montada para impedir ‘passeio de boia’ no rio Mogi Guaçu em Pirassununga, SP

Em um vídeo divulgado, o secretário de segurança pública explicou que o evento é realizado de forma particular, porém, a administração irá seguir as normas e impedir que o passeio aconteça.

A Secretaria de Segurança Pública de Pirassununga (SP) informou que não será possível a realização do evento “passeio de boias” neste ano, em virtude da pandemia de Covid-19. Em parceria com outros órgãos, a prefeitura está montando uma operação para impedir que pessoas façam o trajeto sem a autorização.

Nesta ocasião, dentro da esfera de atuação da Polícia Militar Ambiental, foram procedidas ações diversas de fiscalização ambiental e policiamento ostensivo como abordagens e pontos de estacionamento, em apoio a Guarda Civil Municipal, contando também com a participação de equipes do Policiamento Territorial, Policiamento Rodoviário, DER e Marinha do Brasil, com o propósito de inibir a ocorrência clandestina do evento denominado “Passeio de Boias no Rio Mogi-Guaçu” e demais delitos de ordem criminal e ambiental associados a eventos dessa natureza, considerando ainda a vedação de aglomerações face ao atual cenário de pandemia vivenciado.

clique na imagem e saiba mais

Em um vídeo divulgado nesta semana, o secretário de segurança pública Paulo Tannús explicou que o evento é realizado de forma particular, porém, a prefeitura irá seguir as normas vigentes e impedir que o passeio aconteça por conta dos decretos estadual e municipal que proíbe a realização de eventos.

ÁGIL DPVAT