Funcionário de empreiteira denuncia ex-patrão por tortura

clique na imagem e saiba mais

O empregado foi obrigado a confessar um furto de R$ 8 mil para não ser morto.

Um funcionário de empreiteira denunciou seu ex-patrão por tortura. De acordo com informações, o empregado foi obrigado a confessar um furto de R$ 8 mil para não ser morto pelo ex-patrão.
O dinheiro estava numa estante na casa do chefe, onde o funcionário fazia uma obra. Assista a reportagem completa do Cidade Alerta da TV Record no vídeo abaixo: