Gabriel Monteiro: “Não sou estuprador. Eu tenho provas”

Em entrevista ao Morning Show, vereador disse que gravou relação sexual.

Nesta segunda-feira (28), o vereador do Rio de Janeiro Gabriel Monteiro se defendeu de acusações de estupro e assédio feitas contra ele. O caso foi exposto no domingo (27), durante o programa Fantástico, da TV Globo. As informações são do portal UOL.

Gabriel afirmou ter “provas cabais” de não ter cometido nenhum crime. Ele deu declarações ao programa Morning Show, da Jovem Pan.

O parlamentar disse que gravou, com consentimento, o ato sexual com a mulher que o acusa de estupro. Ele falou que irá exibir as supostas provas às autoridades.

– Eu tenho um costume pessoal meu de gravar de forma consensual atos meus e coincidentemente eu tenho esse ato sexual gravado. Pelo amor de Deus, eu não sou um estuprador, eu tenho as provas cabais – declarou.

Segundo Monteiro, as acusações fazem parte de uma armação da “Máfia do Reboque”. No início do mês, o vereador conseguiu flagrar em vídeo uma suposta tentativa de suborno por parte de uma empresa de reboques contratada pela Prefeitura do Rio de Janeiro. A denúncia do vereador resultou na rescisão do contrato da prefeitura com a empresa JS Salazar e na prisão de Jailson dos Santos Salazar, dono da empresa.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP