Garota de programa é morta estrangulada em Piracicaba, SP

Companheiro foi preso pelo crime. Assassinato teria ocorrido após discussão por causa de ciúmes, diz a Polícia Civil.

Uma garota de programa foi morta por estrangulamento, durante a madrugada deste sábado (16), em Piracicaba (SP). O suspeito pelo crime é um flanelinha com o qual ela mantinha um relacionamento e foi preso em flagrante pelo crime. As informações são da Polícia Civil.

O caso ocorreu na Rua dos Pintados, no Jardim Parque Jupiá. De acordo com o delegado Gyllis Esquitini Scrocca, que registrou o caso, testemunhas relataram que ouviram o casal discutindo e se agredindo durante a noite.

O corpo de Niobe Maria Braz, de 36 anos, foi localizado por volta das 9h deste sábado e o suspeito, Kleber Alexandre Graciano, de 35, foi localizado no local onde costuma vigiar carros, “como se nada tivesse acontecido” e com um arranhão no pescoço “típico de luta corporal”, de acordo com o delegado.

“Foram capturadas imagens que estamos mandando para a perícia de que ele trocou a roupa posteriormente ao fato. Não temos testemunhas do fato, foi entre quatro paredes, mas temos testemunhas que ouviram a discussão, em tese”, aponta Scrocca.

A perícia também localizou as últimas imagens do casal juntos, em uma padaria. De acordo com a investigação policial, o último barulho que testemunhas ouviram ocorreu por volta de 2h. O suspeito possui outros antecedentes policiais.

“[O motivo] seria ciúmes. Ele teria admoestado ela por voz de que ela teria saído com alguém. Todos os indícios levam a ele”, acrescentou o delegado.

O suspeito ficou detido e passará por audiência de custódia neste domingo (17).