Governo de São Paulo lança novos editais do ProAC Expresso 2020

Investimento recorde de R$ 177 milhões é o maior realizado por um estado brasileiro neste ano em produção cultural.

O Governador João Doria anunciou nesta quarta-feira (26) o lançamento de um novo pacote cultural com os últimos oito editais do ProAC Expresso 2020, programa de fomento da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo voltado a projetos culturais de pessoas físicas ou jurídicas fortemente impactados pela crise gerada pela pandemia do coronavírus.

“Esse investimento reafirma o compromisso de São Paulo com a Cultura. Aqui em São Paulo, a Cultura é importante e é significativa não apenas no fator econômico, mas também na própria existência e no que ela representa, no alcance a todas as camadas da população do Estado”, afirmou o Governador.

clique na imagem e saiba mais

Os recursos para o ProAC Expresso 2020 fazem parte do investimento recorde de R$ 177,18 milhões anunciado em 10 de julho pelo Governo do Estado em cerca de 4,8 mil projetos de artistas, produtores culturais e prefeituras que serão selecionados por chamadas públicas e curadorias independentes, com o objetivo de estimular a retomada das atividades culturais e criativas e incentivar a geração de renda, emprego e desenvolvimento.

“Com R$ 11 milhões a mais do que o valor de 2019, trata-se do maior investimento em produção cultural realizado por um estado brasileiro neste ano. O Governo do Estado pretende, com esta iniciativa, criar condições para que a retomada do setor seja mais acelerada do que as estimativas que temos hoje”, destacou Sérgio Sá Leitão, Secretário de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo.

Com base em dados da Fundação Getúlio Vargas (FGV), a Secretaria da Cultura estima que os cerca de 4,8 mil projetos apoiados devem gerar 53,8 mil postos de trabalho e um impacto econômico de R$ 266,8 milhões, alcançando todas as regiões do estado e todas as formas de expressão artística.

Para o ProAC Expresso Editais, será destinado o valor recorde de R$ 58,28 milhões, sendo R$ 47,9 milhões para projetos que serão selecionados este ano, R$ 8,70 milhões para as segundas parcelas dos projetos selecionados em 2019 e R$ 1,68 milhão para o pagamento dos 175 profissionais que formarão as comissões de seleção e os demais custos administrativos.

Perfil dos projetos

As linguagens artísticas de audiovisual serão contempladas em sete editais do ProAC Expresso: desenvolvimento de longas; finalização de longas, desenvolvimento de séries; desenvolvimento e produção de games; desenvolvimento e produção de conteúdo em AR/VR; prêmio estímulo à produção de curtas e licenciamento de conteúdos audiovisuais (longas e séries) para exibição online na plataforma #CulturaEmCasa. Há ainda um edital voltado para manutenção e ampliação de atividades realizadas por grupos, entidades, associações e coletivos culturais no Vale do Ribeira, como parte do Programa Vale do Futuro.

As modalidades de teatro, dança, conteúdo infanto-juvenil, circo, música, ações culturais em favelas e comunidades, artes visuais, espaços culturais, cultura popular, tradicional e plural, literatura e eventos também estão com editais abertos para receber projetos.

Os projetos deverão ser inscritos na plataforma Prosas (www.prosas.com.br), utilizada pela primeira vez pela Secretaria, com um sistema de inscrição intuitivo que facilita o envio pelo proponente e simplifica os trâmites e a análise a ser feita pela Comissão de Seleção. Ao menos 50% dos projetos contemplados pelo ProAC Expresso 2020 serão do interior e do litoral e 20%, de artistas iniciantes.

Mais recursos para independentes

No total, são 35 linhas de incentivo via ProAC Expresso, sendo três delas inéditas: projetos culturais em favelas e periferias; corpos artísticos estáveis em favelas e periferias (companhias de dança e orquestras, por exemplo); e projetos culturais de empresas e profissionais do Vale do Ribeira. Esses editais foram desenvolvidos em alinhamento com dois programas estratégicos do Governo do Estado de São Paulo, de forma intersecretarial: Projeto Comunidade e Programa Vale do Futuro.

Algumas linhas incluem apresentações na plataforma de streaming #CulturaEmCasa, criada este ano pela Secretaria para ampliar as opções de cultura e entretenimento onlines e gratuitas. Em quatro meses, a plataforma alcançou a marca de 1,5 milhões de visualizações dos cerca de mil conteúdos disponibilizados, de diversas linguagens artísticas.