Governo de SP antecipa para esta sexta (2) a vacinação de idosos acima de 68 anos

A healthcare worker administers the Sinovac Biotech Ltd. Covid-19 vaccine at a drive-thru clinic in Sao Paulo, Brazil, on Friday, Feb. 12, 2021. Brazil reported a total of 9,713,909 Covid-19 cases, with 54,742 confirmed in the last 24 hours. Photographer: Jonne Roriz/Bloomberg via Getty Images

Mais de 340 mil pessoas dessa faixa etária poderão receber a primeira dose; profissionais de Educação e Segurança também recebem em abril.

O Governador João Doria anunciou nesta quarta-feira (31) a antecipação, para esta sexta-feira (2), do início da vacinação contra a COVID-19 para idosos com idade acima de 68 anos. Dados do Plano Estadual de Imunização (PEI) indicam um total de novas 340 mil pessoas aptas a receberem a primeira dose no Estado de São Paulo.

“Vamos acelerando a vacinação nas faixas etárias a partir dos 60 anos e tendo a possibilidade hoje de anunciar que, já nesta sexta-feira, as pessoas com 68 anos estarão sendo imunizadas nos postos de vacinação em todo o estado de São Paulo. A vacina no braço é a vacina da vida”, disse Doria.

Também em abril, 530 mil profissionais de Educação e forças de Segurança também poderão receber vacinas. A campanha ocorre com uma grande operação logística montada para a distribuição das vacinas disponíveis no país, com envio de remessas semanais pela Secretaria de Estado da Saúde para todas as regiões do estado.

Vacinas do Butantan

Nesta quarta-feira (31) ocorreu a liberação de mais 3,4 milhões de doses da vacina do Instituto Butantan contra o coronavírus para uso em todo o país. Somente essa semana foram entregues 8,4 milhões ao PNI (Programa Nacional de Imunizações) do Ministério da Saúde. No mês de março o montante chega a 22,7 milhões de doses, quantitativo maior do que o disponibilizado em janeiro e fevereiro juntos.

Pré-cadastro no “Vacina Já”

O pré-cadastro no site “Vacina Já” (vacinaja.sp.gov.br) economiza 90% no tempo de atendimento para imunização: leva cerca de 1 a 3 minutos para quem preencheu o formulário. Presencialmente, em média, a coleta de informações leva cerca de 10 minutos. A ferramenta ajuda a agilizar o atendimento e a evitar aglomerações.

Não é um agendamento e o uso não é obrigatório para receber a vacina, mas utilizá-la contribui para melhorar a dinâmica dos serviços e a rotina do próprio cidadão. O pré-cadastro pode ser feito por familiares de idosos ou de qualquer pessoa que participe dos públicos previstos na campanha.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT