Grupo é multado em R$ 4 mil por pesca em local proibido no Rio Mogi Guaçu na cidade de Pirassununga, SP

A ação foi pelo Distrito de Cachoeira de Emas, a menos de 750 metros da barragem da Usina Aratu.

Em decorrência de ação de patrulhamento ostensivo náutico para coibir crimes ambientais no tocante à pesca no trecho do rio Mogi Guaçu inserido no Distrito de Cachoeira de Emas, município de Pirassununga (SP), os policiais ambientais cabo Melo e cabo Ezequiel, flagraram quatro indivíduos em ato de pesca em local proibido nos termos da Portaria Interministerial n° 73/2017 (a menos de 750 metros da barragem da Usina Aratu).

Dessa forma, foi realizada a abordagem e a elaboração dos respectivos Autos de Infração Ambiental que totalizaram o valor de R$ 4.000,00 por violação do artigo 35 da Resolução SIMA 005/21, bem como foi procedida a apreensão administrativa dos petrechos utilizados, cabendo ainda a apuração da responsabilidade penal com base no artigo 34 da Lei Federal 9605/98.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT