GRUPO GAM VEM SE DESTACANDO NO COMBATE AO CRIME EM ARARAS, SP

A Guarda Civil Municipal de Araras, instituição de caráter civil, uniformizada e armada, conforme previsto em lei, destina-se à proteção dos bens, serviços e instalações, bem como a realização de ações preventivas e comunitárias dentro do Munícipio ou fora dele, mediante convênio com municípios vizinhos, atuando como órgão complementar da Segurança Pública, tem sua organização hierárquica, operacional e téc nica, as atribuições dos seus cargos, denominações, referências, remuneração e outros assuntos correlatos, conforme estabelecido nesta Lei Complementar.

O GAM (Grupo com Apoio de Motocicletas), coordenados pelo Inspetor Chefe Anderson, vem apresentando ótimos resultados nos trabalhos realizados em Araras/SP, na atuação para a prevenção a crimes e violências, por meio de rondas preventivas.

clique na imagem e saiba mais

“Nós conseguimos entrar em locais de difícil acesso onde as viaturas de quatro rodas não teriam condições. Além disso temos maior agilidade no deslocamento por conta das nossas motocicletas
Honda XRE 300, equipadas para patrulhamento” disse Anderson.

A Guarda Civil Municipal atua em setores fixos, preservando o patrimônio público e também nas Rondas Comunitárias, que cobrem toda a área urbana e os extensos 540 quilômetros quadrados do município.

O GCM Marcelo, contou a nossa reportagem a emoção que sente em seu dia a dia nos patrulhamentos.

“Fazer parte dessa equipe me orgulha muito, saber que estou prestando meus serviços em prol da segurança pública e uma satisfação que não tem como descrever. Muito obrigado aos colegas de farda que assim como eu nos dedicamos ao máximo” finalizou.

Além das orientações diárias passadas nos briefings ao efetivo de serviço, os Guardas Civis Municipais recebem capacitação anual com 80 horas de instruções teóricas e práticas e são submetidos bianualmente à avaliação psicológica.

O GAM – Grupo de Apoio com Motocicletas, tem tido papel fundamental na segurança do trânsito, pois, com as motocicletas, os patrulheiros têm mais liberdade nas ruas, podendo enfrentar situações como congestionamentos e com mais facilidade.

À Guarda Civil Municipal de Araras compete:

I – zelar pelos bens, equipamentos e prédios públicos;

II – prevenir e inibir, pela presença e vigilância, bem como coibir, infrações penais ou administrativas e atos infracionais que atentem contra os bens, serviços e instalações municipais;

III – atuar, preventiva e permanentemente, no território do Município, para a proteção sistêmica da população que utiliza os bens, serviços e instalações municipais;

IV – colaborar, de forma integrada com os órgãos de segurança pública, em ações conjuntas que contribuam com a paz social;

V – colaborar com a pacificação de conflitos que seus integrantes presenciarem, atentando para o respeito aos direitos fundamentais das pessoas;

VI – exercer as competências de trânsito que lhes forem conferidas, nas vias e logradouros municipais, nos termos da Lei Federal nº 9.503, de 23 de setembro de 1997 (Código de Trânsito Brasileiro), ou de forma concorrente, mediante convênio celebrado com órgão de trânsito estadual ou municipal;

VII – proteger o patrimônio ecológico, histórico, cultural, arquitetônico e ambiental do Município de Araras, inclusive adotando medidas educativas e preventivas;

VIII – cooperar com os demais órgãos de defesa civil em suas atividades;

IX – interagir com a sociedade civil para discussão de soluções de problemas e projetos locais voltados à melhoria das condições de segurança das comunidades;

X – estabelecer parcerias com os órgãos estaduais e da União, ou de Municípios vizinhos, por meio da celebração de convênios ou consórcios, com vistas ao desenvolvimento de ações preventivas integradas;

XI – articular-se com os órgãos municipais de políticas sociais, visando à adoção de ações interdisciplinares de segurança no Município de Araras;

XII – integrar-se com os demais órgãos de poder de polícia administrativa, visando a contribuir para a normatização e a fiscalização das posturas e ordenamento urbano municipal;

XIII – garantir o atendimento de ocorrências emergenciais, ou prestá-lo direta e imediatamente quando deparar-se com elas;

XIV – encaminhar ao delegado de polícia, diante de flagrante delito, o autor da infração, preservando o local do crime, quando possível e sempre que necessário;

XV – contribuir no estudo de impacto na segurança local, conforme plano diretor municipal, por ocasião da construção de empreendimentos de grande porte;

XVI – desenvolver ações de prevenção primária à violência, isoladamente ou em conjunto com os demais órgãos da própria municipalidade, de outros Municípios ou das esferas estadual e federal;

XVII – auxiliar na segurança de grandes eventos e na proteção de autoridades e dignitários; e

XVIII – atuar mediante ações preventivas na segurança escolar, zelando pelo entorno e participando de ações educativas com o corpo discente e docente das unidades de ensino municipal, de forma a colaborar com a implantação da cultura de paz na comunidade local.

Parágrafo único. No exercício de suas competências, a guarda municipal poderá colaborar ou atuar conjuntamente com órgãos de segurança pública da União, dos Estados e do Distrito Federal ou de congêneres de Municípios vizinhos e, nas hipóteses previstas nos incisos XIII e XIV de ste artigo, diante do comparecimento de órgão descrito nos incisos do caput do art. 144 da Constituição Federal, deverá a Guarda Civil Municipal de Araras prestar todo o apoio à continuidade do atendimento.

Escrito por Beto Ribeiro com informações da Guarda Civil Municipal de Araras/SP