Guarda Civil Municipal e Polícia Militar encerram pagode clandestino com 300 pessoas em Pirassununga, SP

Participantes estavam sem máscara e aglomerados. Organizador do evento e proprietário do local foram autuados.

A Guarda Civil Municipal e a Polícia Militar de Pirassununga (SP) encerraram uma festa clandestina com pagode, na noite de sábado (24), em uma casa de eventos, com a participação de cerca de 300 pessoas.

Segundo a GCM, a festa tinha ingressos no valor de R$ 20 e cada participante levava sua bebida. No momento da chegada das forças de segurança, as pessoas estavam sem máscara e aglomeradas.

O organizador da festa e o proprietário do estabelecimento foram autuados. Os dois devem responder pelo artigo 268 do código penal, que é infringir determinação do poder público destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa, com pena de um mês a um ano de detenção e multa. O local foi lacrado pela GCM.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT