Guarda Civil Municipal realiza operação ‘Natal Seguro’ na Praça Barão em Araras, SP

Houve um reforço do patrulhamento com equipes da Guarda Civil Municipal para coibir crimes e pertubação do sossego durante o fim de ano.

Neste final de semana, equipes da Guarda Civil Municipal de Araras (SP), através da Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Civil, estiveram realizando a operação “Natal Seguro”, atendendo pedido do prefeito Pedrinho Eliseu, que visa o reforço diário com patrulhamento ostensivo nas ruas e regiões comerciais da cidade.

A ação irá durar até o dia 4 de janeiro e contará com um efetivo diário de 30 guardas civis municipais com o auxílio de viaturas, base móvel, equipes táticas de ROMU (Rondas Ostensivas Municipais) e GAM (Grupo de Apoio com Motocicletas), além da Ronda Comércio e Ronda Escolar.

O principal objetivo da operação é coibir crimes, principalmente furtos e roubos no período em que a população intensifica as compras de final de ano, além da pertubação de sossego. O inspetor Fernando Chieregatto (secretário Municipal de Segurança Pública), destaca a importância da operação neste período em que o comércio será aquecido.

“Estamos vivendo um período de retomada econômica depois de meses de pandemia e o comércio local conta com essa movimentação maior de final de ano. Nesta época, a presença policial ostensiva garantirá tranquilidade para os comerciantes e clientes durante as compras”, destacou o secretário.

Recomendações

Além do reforço no patrulhamento com as equipes de segurança, o secretário alerta a população com relação aos cuidados a serem tomados com aparelhos de celulares, bolsas, carteiras e demais pertences que possam chamar a atenção de pessoas mal-intencionadas.

“É preciso ter muita cautela, especialmente no horário de fechamento dos estabelecimentos, quando há uma circulação menor de pessoas. Outra recomendação é evitar fazer uso de serviços bancários no período noturno”, orienta Chieregatto.

Em casos de situação de risco ou ameaça, a Guarda Civil Municipal pode ser acionada por meio do 153 e 3541-1532 ou a Polícia Militar no número de telefone 190.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP