Guarda Civil Municipal recupera carreta bitrem com carga de adubo em Mogi Mirim, SP

O motorista não sofreu qualquer ferimento e não foi agredido pelos bandidos.

Na manhã desta quinta-feira (5), a Guarda Civil Municipal de Mogi Mirim (SP) localizou uma carreta bitrem que estava abandonada na vicinal “João Luiz Moreno”, no bairro Capão Grosso, zona rural do Município.

De acordo com os GCMs Francisco e Ferreira, por volta das 8h30 eles receberam um chamado sobre um veículo abandonado nessa estrada rural. Ao chegarem ao local indicado, os GCMs localizaram a carreta com uma carga de adubo da marca Adufértil, de Jundiaí (SP).

A carreta transportava vários bags de mil quilos, com peso calculado em mais de 40 toneladas do produto. Já em relação ao “cavalo”, caminhão que rebocava a carreta, não havia pistas. Pela placa da carreta abandonada, os guardas civis descobriram que a mesma era produto de furto.

Ela foi levada na noite anterior na vicinal “Almino Alfonso”, que liga Mogi Guaçu ao distrito de Martinho Prado Júnior. O motorista do caminhão, de 51 anos, que foi liberado em uma estrada rural de Itapira (SP), contou que por volta das 22h00, parou no acostamento da “Almino Alfonso”.

Nesse momento, foi surpreendido por um homem armado que quebrou o vidro da porta do passageiro, invadiu a boleia e anunciou o assalto. O motorista foi amarrado e colocado na cama da cabine, sempre com o rosto virado para baixo.

Após percorrerem alguns quilômetros, o bandido ordenou que o caminhoneiro descesse e fosse colocado em um carro que fazia a escolta da carreta roubada. Ele foi vendado e posto no banco de trás do veículo. Por volta das 4h00 desta quinta-feira, ele foi liberado em uma estrada de terra.

Com muito esforço ele conseguiu chegar a uma empresa onde pediu ajuda e foi trazido à CPJ (Central de Polícia Judiciária) de Itapira, onde registrou um BO (Boletim de Ocorrência). A empresa transportadora, que é de Americana (SP), já foi avisada pela GCM e deve enviar um outro caminhão para rebocar a carga de adubo. O motorista não sofreu qualquer ferimento e não foi agredido pelos bandidos.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT