Transexual esfaqueada no pescoço é socorrida pela Guarda Civil Municipal em Araras, SP

Ela abordou uma equipe da GCM, pedindo socorro dizendo que teria sido esfaqueada.

Na noite desta terça-feira (29) os GCMs Pedroso e Calciolari, estavam em patrulhamento pelo município de Araras (SP), quando pela rua das Esmeraldas, foram abordados por uma garota transexual que apresentava um grave ferimento no pescoço, pedindo socorro dizendo que navia sido esfaqueada.

“Rapidamente optamos por conduzir a mesma até o Pronto Socorro do Hosital São Luiz, já que devido a gravidade não seria possível aguardar a chegada do resgate, por conta do risco de morte. Segundo a testemunhas ouve um desentendimento entre três transexuais onde duas saíram feridas”, disse Pedrozo.

clique na imagem e saiba mais

Ainda de acordo com informações obtidas pela nossa reportagem, outras duas trans foram socorridas pelo SAMU – Serviço de Atendimento Móvel de Urgência. Uma delas encontra-se internada, juntamente com a que foi socorrida pela GCM, enquanto a outra sendo apresentada no plantão da Central de Polícia Judiciária, devido as testemunhas indicarem a mesma como autora.

A ocorrência que está em andamento contou com apoio dos GCMs Salvatti e Augusto, que juntamente com policiais civis, realizaram uma diligência pelo local do crime para localizarem a faca, mas não tiveram sucesso. Os nomes das envolvidas no caso não foram divulgados até o fechamento desta edição.

É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo sem prévia autorização do autor. #DigaNãoAFakeNews