Guia de tecidos: veja tudo sobre o fio tinto

Entenda o que é um tecido fio tinto e como funciona o processo de produção.

O fio tinto é aquele que recebe o tingimento durante a fabricação, antes mesmo de se transformar em um tecido de fato. A partir dos fios tingidos previamente, as telas são elaboradas e, de acordo com a disposição escolhida, se formam diversas padronagens, como xadrezes, listras e maquinetados.

Esse processo garante uma cor mais viva e durável e um toque macio para a peça que será produzida, visto que a estamparia é substituída pelo tingimento. Inclusive, a técnica é bastante utilizada para produção de toalhas de banho, por exemplo.

Toalhas de banho com fio tinto

Ao comprar uma toalha de banho colorida, é muito importante que você busque pelo fio tinto na etiqueta, pois, conforme já mencionamos acima, isso quer dizer que o fio foi tingido antes de virar tecido e toalhas pintadas depois de produzidas tendem a ser mais ásperas.

Logo, tomar esse cuidado garante que você vai adquirir uma toalha confortável e com um toque agradável para envolver seu corpo após o banho.

Tipos de fios

Ainda falando sobre toalhas de banho com fio tinto, é importante ressaltar que o fio tinto não é um tipo de fio e sim um processo de tingimento. Por isso, há diversas opções disponíveis no mercado.

Além da maciez e do conforto do item, o tipo de fio também influencia na durabilidade da peça (neste caso, a toalha). Dentre os mais comuns, podemos destacar:

  • Fio simples: nos itens de fio simples, as felpas se dobram com facilidade, proporcionando, assim, um toque delicado e macio na pele.
  • Fio cardado: esse tipo de fio não passa pela penteadeira, dessa forma, suas fibras são curtas, irregulares e mais propensas a formar as indesejadas bolinhas.
  • Fio penteado: no fio penteado, as impurezas e fibras menores são retiradas, gerando toalhas mais duráveis e com um nível de qualidade superior ao das demais.
  • Fio retorcido ou duplo: como o próprio nome indica, trata-se de fios entrelaçados e, por esse motivo, possuem maior resistência. Normalmente, esse tipo de fio é utilizado em toalhas estampadas e em peças utilizadas com muita frequência, como itens de hotel.

Fio tinto ouro

Além do tradicional processo de tingimento do fio tinto, hoje em dia também há o chamado fio tinto ouro, que nada mais é do que a aplicação de metalizado dourado no fio.

Fundo tinto

Embora os nomes sejam bastante semelhantes, fundo tinto e fio tinto não são a mesma coisa. Basicamente, o fundo tinto é quando um tecido é virado no tear apenas com o fio na cor natural da fibra, seja poliéster, algodão, viscose ou qualquer outra.

Processo de tingimento do fio tinto

Com esse tecido em mãos, a tinta é mergulhada em processo industrial com corantes reativos ou resistentes a cloro para que a cor seja estabelecida, que resulta em um tecido comum: vermelho, preto, bege, branqueado, entre outros.

No entanto, caso o processo continue e ele seja levado para uma máquina de estampar, a indústria utilizará um ou mais cilindros com listrados, florais ou xadrezes e estampará em cima desse tingimento.

Além das toalhas de banho, o fio tinto também é mais utilizado em camisas, pois na bermuda a questão da “inferioridade técnica” fica um pouco mais escondida.

No entanto, a estamparia oferece ótimos recursos para a aparência dos mais diversos tipos de tecido, pois, exceto os listrados e os xadrezes, em que os fios tintos são os melhores que há no mercado, as estampas geométricas, infantis e florais não são reproduzidas com essa mesma facilidade em teares convencionais.

Esse processo, apesar de não ser impossível, é feito por meio de maquinetas, o que o torna bastante caro.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT