“Heróis Solidários” levam comida para famílias afetadas pela pandemia

A iniciativa Heróis Solidários foi criada por artistas atingidos financeiramente pela suspensão de eventos no início da pandemia e logo passou a beneficiar diversos públicos em situação de vulnerabilidade social. Grupo atua no Rio Grande do Norte.

O grupo Heróis Solidários, formado por artistas que atuam no Rio Grande do Norte (RN), viu a demanda por eventos diminuir, enquanto as desigualdades aumentavam pelo estado.

Não havia outra solução para o grupo de amigos a não ser criar o projeto para ajudar comunidades em vulnerabilidade. Desde então, os Heróis Solidários realizam campanhas que arrecadam cestas básicas e fazem a festa da criançada no momento das entregas.

Os “protetores da Terra” pedem ajuda para manter o projeto e apelam para o maior dos superpoderes: a solidariedade. Longe das histórias dos gibis, os Heróis Solidários vêm realizando um trabalho bem real em comunidades da cidade de Natal, capital do Rio Grande do Norte.

As dificuldades que o próprio grupo teve durante a pandemia motivaram o desenvolvimento da ação solidária. O grupo é formado por músicos, cantores e recreadores que se conheciam antes na pandemia, mas ainda não trabalhavam em conjunto.

Com o fechamento das atividades, todos foram atingidos em cheio com a suspensão da renda vinda do entretenimento. Inicialmente, o grupo se renuiu com a proposta de arrecadar alimentos para a classe artística impactada pela pandemia. Mas, ao olharem para as comunidades, os artistas logo perceberam que era preciso fazer mais.

Quinze artistas vestiram as fantasias e passaram a sair pelas ruas todos os sábados e domingos. As caminhadas arrecadam entre 600 e 800 quilos de alimentos em cada ação. Eles já ajudaram mais de 50 famílias. Todos os alimentos vêm de doações. Nos encontros, eles batem de porta em porta e vão juntando o que cada pessoa pode oferecer.

Fonte: ECOA UOL

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT