Homem coloca gatinho em caixa e arremessa em terreno

Homem coloca gatinho em caixa e arremessa em terreno

O gatinho Vitório está internado em uma clínica veterinária em São Carlos

 

Um homem foi flagrado por uma câmera de segurança jogando uma caixa com um filhote de gato em um terreno baldio, no domingo (25), em São Carlos (SP). Ele aparece em um vídeo confessado os maus-tratos. (Confira o vídeo acima).

Um boletim de ocorrência foi registrado e a Polícia Civil vai investigar.

clique na imagem e saiba mais

A reportagem da EPTV, afiliada da TV Globo, entrou em contato com o homem, que negou as acusações e disse que nunca maltratou animais.

Flagrante
No vídeo, é possível ver o morador do bairro Jardim Embaré atravessando a rua com uma caixa e, em seguida, ele a arremessa no terreno. Quem fez a denúncia diz que dentro da caixa estava o gato Vitório.

A câmera fica na casa da amiga da cuidadora de idosos Luciana Silva. “A pessoa que é responsável pela câmera de segurança verificou, olhou, teve a dúvida e foi até o terreno certificar o que tinha acontecido e realmente tinha”, disse.

No mesmo dia, a amiga da cuidadora foi tirar satisfação com o morador que aparece nas imagens. Durante a discussão ele confessou que jogou a caixa com o gato.

Registro da ocorrência

Quando foi registrar boletim de ocorrência na delegacia, Silva disse que encontrou dificuldade. A pessoa que a recebeu no local teria dito que não iria adiantar ela fazer o B.O.

A natureza do boletim de ocorrência foi registrada como: praticar ato de abuso a animais. No documento o investigador escreveu o relato baseado nos vídeos apresentados pela cuidadora.

Diz também que o suspeito primeiro negou que teria maltratado o gato, mas depois confessou que colocou o animal numa caixa e jogou no terreno.

A Secretaria de Segurança Pública foi procurada, mas não respondeu sobre a dificuldade para o registro. Em nota, informou que o caso citado é investigado pelo 3º DP de São Carlos.

Informou ainda que de janeiro a setembro deste ano, foram registradas 10.852 denúncias, 21% a mais do o mesmo período de 2019.

A SSP disse ainda que todas as denúncias de maus-tratos contra animais no estado de São Paulo, podem ser registradas pela Delegacia Eletrônica de Proteção Animal.

Pena maior para maus-tratos

A advogada Carol Mattos Galvão faz parte da Comissão de Proteção e Defesa dos Animais de Araraquara. Ela diz que a lei de maus-tratos contra animais está mais rígida.

A Lei Federal que aumenta a pena para quem maltratar cães e gatos completou um mês nesta quinta-feira (29). Segundo Galvão, é importante que as autoridades estejam preparadas para receber esse tipo de denúncia.

“A legislação já está em vigor, a autoridade policial não pode de forma alguma se recusar a realização do boletim de ocorrência. Então as pessoas precisam cobrar para que isso seja efetivo”, falou Galvão.