Homem é denunciado por estupro da própria filha de 14 anos em Araras, SP

A ocorrência foi registrada pela Polícia Militar no plantão da Central de Polícia Judiciária. 

Na noite de segunda-feira (13) os policiais militares cabo Murilo e cabo Kirk, foram acionados via COPOM – Centro de Operações da Polícia Militar, para atendimento de uma ocorrência de estupro pelo bairro Parque das Árvores, região norte da cidade de Araras (SP).

“Ao chegarmos na E.E. “Profª Maria Rosa Nucci Pacifico Homem”, fizemos contato com a diretora, e fomos informados que uma adolescente de 14 anos procurou a direção da escola dizendo que após a palestra que teve sobre o setembro amarelo, não aguentou mais o que está passando com seu pai, que várias vezes abusou sexualmente da menor, chegando a penetração sexual na filha. De imediato a diretora acionou a PM e chamou a mãe da vítima”, disse kirk.

O autor dos fatos também compareceu no local e todos foram conduzidos ao plantão da Central de Polícia Judiciária, onde foi elaborado Boletim de Ocorrência de Estupro, porém, de acordo com a PM como o último fato ocorreu há um mês a autoridade presente, liberou as partes e instaurou inquérito para apuração do crime e novas providências devem surgir nos próximos dias.  

Comissão da Criança e Adolescente da OAB

A advogada Glauce Abdalla, grande defensora dos direitos da criança e do adolescente, e Presidente da Comissão da Criança e Adolescente da OAB – Ordem dos Advogados do Brasil de Araras. Após tomar conhecimento da situação, já iniciou acompanhamento do caso, para dar toda ajuda necessária para a jovem. 

Setembro Amarelo

Desde 2014, a Associação Brasileira de Psiquiatria – ABP, em parceria com o Conselho Federal de Medicina – CFM, organiza nacionalmente o Setembro Amarelo®. O dia 10 deste mês é, oficialmente, o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio, mas a campanha acontece durante todo o ano.

São registrados mais de 13 mil suicídios todos os anos no Brasil e mais de 01 milhão no mundo. Trata-se de uma triste realidade, que registra cada vez mais casos, principalmente entre os jovens. Cerca de 96,8% dos casos de suicídio estavam relacionados a transtornos mentais. Em primeiro lugar está a depressão, seguida do transtorno bipolar e abuso de substâncias.

Com o objetivo de prevenir e reduzir estes números a campanha Setembro Amarelo® cresceu e hoje conquistamos o Brasil inteiro. Para isso, o apoio das nossas federadas, núcleos, associados e de toda a sociedade é fundamental.

Como resultado de muito esforço, em 2016, garantimos espaços inéditos na imprensa e firmamos muitas parcerias. Conseguimos também iluminar monumentos históricos, pontos turísticos, pela primeira vez o Cristo Redentor, espaços públicos e privados no Brasil inteiro. Centenas de pessoas participaram de caminhadas e ações para a conscientização sobre este importante tema.

Esta é uma página completa com material disponível para auxiliar a todos. Assim sendo, aproveite os nossos materiais e participe da nossa campanha durante todo o ano.

São diversos materiais de uso público: Diretrizes para a Divulgação e Participação da Campanha Setembro Amarelo®, materiais online para download, a Cartilha Suicídio Informando para Prevenir e todo o material para a imprensa.

Leia cartilha e ajude a salvar vidas – Saiba mais acessando: setembroamarelo.com

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT