Homem é multado pela Polícia Militar Ambiental ao ser flagrado pescando em local proibido em Casa Branca, SP

Durante a ação, foi constatado no ato da abordagem 2,350 kg de pescado ainda vivo popularmente chamados de “cascudo”, “mandi” e “curimbatá”, em poder do indivíduo.

Nesta quinta-feira (27), os policiais militares ambientais cabo De Melo, cabo Vanderlei e cabo Elias, durante patrulhamento às margens do rio Jaguari Mirim, área rural entre Casa Branca e Aguaí, no interior de São Paulo, flagraram um indivíduo em ato de pesca amadoristica, desembarcado, utilizando caniço simples de fibra com molinete a menos de 200 metros de corredeiras, local proibido para pesca conforme.

Durante a ação, os policiais constataram no ato da abordagem 2,350 kg de pescado ainda vivo popularmente chamados de “cascudo”, “mandi” e “curimbatá”, em poder do indivíduo. Diante do exposto, foi elaborado o Auto de Infração Ambiental, com sanção de multa simples valorado em R$ 1.047,00, sendo o pretrecho utilizado para prática do ato da pesca e o pescado foram apreendidos, sendo o pescado solto no próprio rio Jaguari Mirim.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT