Homem é preso após agredir companheira que correu para um matagal para escapar da morte em Limeira, SP

Autônoma relatou que conseguiu fugir após ser derrubada no chão e que já tinha recebido ameaças de morte anteriormente.

A Polícia Militar prendeu um ajudante de pintor por agredir sua companheira, na tarde desta quarta-feira (20), em Limeira (SP). Após serem acionados pela central de operações, os policiais foram até a casa, no Conjunto Residencial Victor D’andrea.

Segundo a equipe, no local, a vítima informou que, após discussão, seu companheiro a puxou pelo cabelo e pelo braço e a faz cair. A autônoma também relatou que conseguiu escapar e correu para um matagal, onde permaneceu por um tempo, por medo do indivíduo, que por diversas vezes já tinha a ameaçado de morte.

Leia também:

Integrante de facção criminosa

Os PMs realizaram contato com o Centro de Referência em Assistência Social (Creas), que conseguiu um abrigo para a vítima e seus filhos. O autor recebeu voz de prisão e ficou preso.

Ainda de acordo com informações da PM, ele estava em regime semiaberto pelo crime de tráfico de drogas e disse aos policiais durante a abordagem que seria integrante de uma facção criminosa.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP