Homem é preso pela GCM após agredir sogra e companheira grávida de 8 meses em Araras, SP

Ela recebeu atendimento de urgência médico por conta do risco de sofrer um abordo por conta das agressões. 

Na noite de domingo (17), os guardas civis municipais Brinati e Rodrigues, estavam em patrulhamento pela cidade de Araras (SP), quando foram solicitados através do da Central de Comunicação Operacional (CECOP), para atendimento de ocorrência na Santa Casa, uma agressão na recepção da Maternidade Condessa Marina Crespi.

Ao chegarem no local, os GCMs se depararam com a vítima que está grávida de 8 meses sentada em uma cadeira de rodas e o agressor, seu companheiro, gritando com ela. De acordo com funcionárias do hospital, ele também havia agredido sua sogra no interior da unidade a qual apresentava lesões na cabeça.

A equipe tomou conhecimento que sua companheira chegou na maternidade com lesões na barriga, alegando que foi agredida pelo seu amásio. Ela recebeu atendimento de urgência médico por conta do risco de sofrer um abordo por conta das agressões. 

O companheiro da vítima, afirmou que apenas reagiu as agressões de sua sogra e negou agressões contra sua amásia. Diante dos fatos, ele recebeu voz de prisão em flagrante, sendo apresentado no plantão da Central de Polícia Judiciária, onde após ser ouvido pelo Dr. Edgar Albanez, permaneceu à disposição da Justiça.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP