Homem é preso pela ROMU após disparar arma de fogo para afugentar flanelinha por falta de dinheiro para pagá-lo em Araras, SP

Indagando, ele afirmou que estava indo embora do bar após a briga, quando foi abordado por um flanelinha e, por não ter dinheiro, o mesmo se tornou violento, e então disse que não tinha outra alternativa a não ser efetuar um disparo para afugentar o sujeito.

Na madrugada deste sábado (28), a equipe de ROMU (Ronda Ostensiva Municipal), composta pelo GCM Lindman e GCM Brinati, estava em patrulhamento pela cidade de Araras (SP), quando foi acionada através da Central de Comunicação Operacional (CECOP) para atendimento de uma ocorrência de briga generaliza em um bar na Rua Castro Alves, Jardim Belvedere.

“Quando encostamos no estabelecimento, já não havia mais qualquer tipo de contenda, nem vítima dos fatos. Contudo, ouvimos um disparo de arma de fogo nas proximidades, sendo que visualizamos a caminhonete TOYOTA/HILUX de cor cinza, há cerca de 100 metros do bar, de onde havia vindo o disparo. Quando chegamos próximo ao veículo, o condutor saiu do local com a caminhonete, sendo abordado”, disse Lindman.

Estava acompanhado por um amigo

De acordo com o boletim de ocorrência, ele estava estava acompanhado por um amigo, e desceu do veículo, alterado, apresentando sinais clássicos de embriaguez, tais como: hálito etílico, fala pastosa, olhos vermelhos, prepotência e agressividade, sendo que o mesmo não aceitou a detenção, sendo nescessário o emprego de força para conseguir conte-lo e finalmente algema-lo.

“Nesse contexto, ele acabou lesionando um dos joelhos, mas de forma leve, com algumas escoriações. No interior da caminhonete, encontramos uma pistola, da marca Taurus, calibre 9mm, municiada com 13 munições intactas e uma cápsula deflagrada do mesmo calibre. O indiciado informou que a arma estava regularizada e registrada em seu nome, o qual não poderia estar com a mesma, uma vez que não possui porte de arma”, contou Brinati.

Indagando, ele afirmou que estava indo embora do bar após a briga, quando foi abordado por um flanelinha e, por não ter dinheiro, o mesmo se tornou violento, e então disse que não tinha outra alternativa a não ser efetuar um disparo para afugentar o sujeito. O amigo do mesmo, também embriagado, foi colaborativo e não esboçou qualquer tipo de reação.

Diante dos fatos, o condutor recebeu voz de prisão em flagrante, sendo apresentado no plantão da Central de Polícia Judiciária, onde após ser ouvido pela autoridade presente permaneceu à disposição da Justiça por porte ilegal de arma de fogo, disparo de arma em via pública, embriaguez ao volante e resistência.

Artigos Relacionados

TRÁFICO DE DROGAS: Homem é preso pela Polícia Civil com apoio da Guarda Civil Municipal de Araras, SP

Em busca pessoal nada foi localizado em sua posse havia um estojo com 5 pedras...

Pequena Beatriz surpreende policiais militares de Araras, SP

O gesto da pequena Beatriz e sua família não apenas surpreendeu os policiais, mas também...

22/04/24 – PLANTÃO POLICIAL com o Repórter Beto Ribeiro

  O Café Júnior – Um primor de café desde 1945, traz as principais notícias policiais...

Últimas Notícias