Homem é preso por manter aves em cativeiro sem autorização do órgão ambiental competente em Rio Claro, SP

As aves não tinham anilha ou outro tipo de identificação.

Na tarde de quarta-feira (22), em decorrência da operação “Interior Mais Seguro/Floresta Amiga II”, a Polícia Militar Ambiental realizou apoio ao policiamento territorial do 37º BPM/I (Força Tática), em decorrência da apreensão de três aves silvestres mantidas em cativeiro irregularmente, onde o proprietário foi preso em flagrante delito em Rio Claro (SP).

A equipe realizou contato com a genitora do proprietário, a qual informou que o mesmo teria ganhado as aves a poucos dias e que o mesmo não possui autorização para manter o pássaros em cativeiro. As aves não tinham anilha ou outro tipo de identificação, apresentavam estado bravio e características de serem recém capturadas, todavia estavam bem cuidadas, sem ferimentos ou sinais de maus tratos.

Diante dos fatos, foi elaborado em desfavor do proprietário das aves um Auto de Infração Ambiental com sanção de multa simples valorado em R$1.500,00 (mil e quinhentos reais), sendo a genitora do proprietário, orientada quanto ao atendimento ambiental no município de Rio Claro e na impossibilidade do comparecimento por estar preso, para realizar o reagendamento em data oportuna. Providências penais adotadas através do BOPC 5758/2021.

Quanto as aves coube a libertação em habit natural, sendo a gaiola destruida e descartada em local apropriado.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT