Homem espanca motorista após ‘corte’ em SP e diz que ‘perdeu a cabeça’

Autor prestou depoimento na Delegacia Sede de São Vicente, no litoral paulista, onde o caso foi registrado.

O motociclista que desferiu vários socos contra o motorista de um carro, próximo ao limite das cidades de Santos e São Vicente, no litoral paulista, se apresentou à Polícia Civil e alegou às autoridades que ‘perdeu a cabeça’ após ser ‘cortado’ pelo automóvel. A informação foi confirmada na manhã deste sábado (22). A cena foi flagrada e viralizou nas redes sociais.

O caso ocorreu na avenida da praia, que liga as duas cidades, na quinta-feira (20), após o motorista ultrapassar a moto próximo a um semáforo, em São Vicente. Segundo a vítima, a motocicleta foi vista por ela mais distante, mas como o condutor estava andando muito rápido, aconteceu o que o motociclista chamou de ‘corte’. Isso fez com que o rapaz descesse da moto e agredisse o motorista.

clique na imagem e saiba mais

No mesmo dia, a vítima foi até a Delegacia Sede de São Vicente para fazer a denúncia do crime. Em posse das imagens veiculadas por meio das redes sociais e pela imprensa, a Polícia Civil conseguiu identificar o autor, que se apresentou na noite de sexta-feira (21) na delegacia.

O autor estava acompanhado de uma advogada e permaneceu no DP por cerca de 40 minutos. Segundo a Polícia Civil, ele foi ouvido e confessou ser o autor das agressões. Às autoridades, ele relatou que foi ‘cortado’, assim como afirma a vítima, e que também foi ofendido pelo motorista do carro. Então, acabou ‘perdendo a cabeça’.

Ainda na sexta-feira, o motorista do carro realizou exame de corpo de delito, cujo resultado vai determinar a quantificação da pena e a gravidade do crime cometido pelo motociclista. A polícia ainda deve ouvir testemunhas do caso, que segue sob investigação.

Motociclista, acompanhado da advogada, prestou depoimento na Delegacia Sede de São Vicente, SP — Foto: Reprodução/TV Tribuna

O caso

O episódio aconteceu após o motorista deixar uma amiga em um hospital para visitar o pai, que está internado. A vítima relatou que ultrapassou a moto próximo a um semáforo, em São Vicente. Ele conseguiu ver a motocicleta, mais distante, mas o condutor estava andando muito rápido e, por isso, aconteceu o que o motociclista chamou de ‘corte’.

O agressor começou a xingá-lo, e quando os veículos pararam no semáforo, ele foi agredido. A vítima disse que tentou conter os golpes desferidos pelo motociclista, mas um atingiu sua boca. Assim que o sinal abriu, o agressor subiu na moto e foi embora, segundo o motorista.

“Dá medo até de continuar onde moro. Eu não sei qual é a procedência dele, nem sua índole. Meu desejo é que ele seja punido, que exista justiça”, afirma o motorista. (Com informações da TV Tribuna/G1 Santos)