Homem que ‘orou um ano’ para ganhar kombi vê veículo ser furtado em 10 dias

Segundo o proprietário do veículo, Antônio Carlos Gomes Barreto, o carro foi comprado após passar ‘um ano e meio orando e guardando dinheiro’. O crime aconteceu em São Vicente, SP.

Dez dias após comprar uma kombi que o ajuda a realizar projetos sociais em São Vicente, no litoral de São Paulo, o voluntário Antônio Carlos Gomes Barreto teve o veículo furtado. Antônio afirmou neste sábado (14), que passou “um ano e meio orando e guardando dinheiro” para comprar a kombi.

Antônio realiza trabalhos voluntários na região, entregando cestas básicas para famílias carentes, refeições para moradores em situação de rua e levando dependentes químicos para clínicas de reabilitação. A kombi, adquirida no dia 28 de outubro, seria usada para ajudá-lo a praticar o bem, segundo o voluntário.

“Passei um ano e meio orando e guardando dinheiro para comprar a kombi e consegui, depois de muita luta e trabalho. Foi uma benção de Deus. Comprei ela para conseguir levar as cestas básicas, os dependentes químicos para clínicas”, afirma o voluntário, que também trabalha como distribuidor de bebidas e árbitro de futebol de várzea.

clique na imagem e saiba mais

No domingo (8), Antonio Carlos foi chamado para apitar jogos de futebol no estádio do São Vicente Atlético Clube, no bairro Parque Bitaru. Ele estacionou o veículo na Rua Marquês de São Vicente, por volta das 9h30. No momento em que foi embora, às 14h, já não encontrou mais a kombi no lugar onde parou, conforme conta.

“Perguntei para vizinhos, pedi ajuda e vi câmeras de segurança. O presidente do São Vicente Atlético Clube me ajudou e mostrou imagens de câmeras do estádio, onde é possível ver um homem, que até o momento não foi identificado, invadindo a kombi e fugindo com o veículo”.

“Para mim, foi um baque muito grande. Eu sou assalariado, então só consegui comprar a kombi depois de muita luta. Trabalho com distribuição de bebidas, mas é apitando jogos da várzea que eu consegui guardar um dinheiro para comprar a kombi. Meu coração é voltado a ajudar as pessoas e acontece uma coisa dessas, fiquei muito triste”, desabafa.

O caso comoveu internautas e mobilizou uma vaquinha virtual para que o voluntário pudesse comprar outra kombi. Antônio diz ter se emocionado com o apoio de familiares, amigos e conhecidos após o furto. “Muita gente compartilhou, se solidarizou, mas ainda tenho a esperança de que vou encontrar a minha kombi”.

A perda, porém, não foi capaz de desmotivar o voluntário. “Pelo contrário, isso só me deu mais motivação para ajudar as pessoas. Esses projetos não param, não é nenhum bem material que vai me fazer parar de querer ajudar o próximo”, finaliza.

Um boletim de ocorrência relatando o furto foi registrado na Delegacia Eletrônica. Até o momento, o criminoso não foi identificado. (Com infotrmações de Gabriel Gatto, G1 Santos)

Kombi usada para ações sociais é furtada 10 dias após ser comprada — Foto: Reprodução da Câmera de Segurança