Jovem preso pela PM confessa na delegacia que ateou fogo em homem que morreu carbonizado em Araras, SP

Segundo o Corpo de Bombeiros, após controlar as chamas, eles encontraram a vítima, ainda não identificada, carbonizada em um dos cômodos. 

Na tarde desta terça-feira (01) os policiais militares cabo Kirk e cabo Murilo, foram acionados via COPOM, para atendimento a uma ameaça, onde segundo informações, um indivíduo de iniciais M.R.M., teria fugido de dois individuos que ocupavam uma motocicleta, pois ele teria assassinado Daniel Pereira de Farias, de 29 anos, no período da manhã, vítima que foi encontrada carbonizada no interior de sua residência no Jardim Aeroporto.

Imediatamente durante patrulhamento, o suspeito de 18 anos, foi detido e ao ser indagado se havia cometido o homicídio, negou qualquer tipo de envolvimento. No deslocamento para a Central de Polícia Judiciária, os policiais militares sargento Isaias e cabo Wilson, se depararam com uma testemunha, que afirmou que M.R.M., cometeu o homicídio, sendo conduzido também para esclarecimento.

clique na imagem e saiba mais

No momento do registro da ocorrência, ele foi levado para o setor de inteligência da Polícia Civil, onde após conversa com os investigadores acabou confessando a autoria do homicídio, e disse que o crime teria acontecido depois de uma discussão entre eles, na qual a vítima caiu no chão depois de ser empurrada e ficou desacordada. O autor relatou aos policiais que contou com a ajuda de um adolescente, que já foi identificado e está foragido, para jogar Farias em um colchão, espalhar pinga sobre o corpo e ascender uma bituca de cigarro.

Ainda de acordo com a PM, antes de fugirem, os autores do assassinato colocaram um sofá na porta do quarto para que a vítima não pudesse abrir, e com isso pedir ajuda e denunciar os agressores. Apesar do relato, o indivíduo detido não se encontrava no estado flagrancial e, por isso, ele foi liberado após o registro do boletim de ocorrência por homicídio.

Sobre o crime

O mês de setembro, começou com uma triste notícia, que chocou os moradores da cidade de Araras (SP). É que na manhã desta terça-feira (01) populares acionaram equipes do Corpo de Bombeiros através do 193, para atendimento de uma ocorrência de incêndio em uma residência, pelo Residencial Milton Severino – Jardim Aeroporto, zona norte do município.

Após controlar as chamas, os bombeiros encontraram um corpo carbonizado de um homem de cerca de 35 anos em um dos cômodos da casa. Segundo vizinhos que tentaram salvá-lo ele morava sozinho. “Sou vizinha dele, tentamos abrir as portas as janelas mais não conseguimos quando acordei com o barulho estava estralando já, infelizmente não conseguimos”, disse Luciana Felício. 

A ocorrência foi atendida pelos policiais militares cabo Kirk e cabo Murilo, que após os trabalhos da perícia criminal, apresentaram o lamentável fato na Central de Polícia Judiciária, que iniciou investigação para levantar mais detalhes sobre o ocorrido. 

O corpo foi removido para o IML – Instituto Médico Legal de Limeira (SP), onde foi feita a identificação. Seu sepultamento está marcado para às 08h desta quarta-feira (02), no Cemitério Municipal de Araras. Informação atualizada às 19h30.