Idosa mata filha com síndrome de Down a facadas em Campinas, SP

A polícia não sabe o que causou o desentendimento, mas adiantou que a idosa sofria de depressão.

Uma mulher de 52 anos, com síndrome de Down, foi morta a facadas pela própria mãe, de 76 anos, na madrugada desta terça-feira (5) em Campinas (SP). Após o crime, a idosa tentou suicídio e se feriu com a faca. Ela foi levada ao hospital.

O caso aconteceu por volta de 5h30 no Jardim Londres. Segundo a Polícia Militar, Sidneia Aparecida Lopes foi atingida por golpes de faca na região do pescoço e morreu no local.

A mãe, Maria Aparecida Lopes, também se esfaqueou. Vizinhos acionaram Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e a idosa foi encaminhada para o Hospital da PUC, onde passa por cirurgia.

A polícia não sabe o que causou o desentendimento, mas adiantou que a idosa sofria de depressão. A perícia foi acionada e o caso será registrado no 11º DP (Distrito Policial) de Campinas.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT