Idosa morre após cair em bueiro e torcer o pescoço no interior de SP

Ana Alice de Carvalho, de 84 anos, foi achada morta em lote do Jardim Paulistano. Vizinhos dizem que local não tinha sinalização, mas prefeitura afirma o contrário. Polícia Civil instaurou inquérito.

Familiares da aposentada Ana Alice de Carvalho, de 84 anos, encontrada dentro de um bueiro em Jaboticabal (SP), estão inconformados com a morte dela após cair na estrutura que estava sem tampa. “Muito triste para a família toda, foi um choque. Era uma pessoa incrível, maravilhosa, divertida. Para nós, está sendo muito difícil. Hoje, a gente está com essa dor horrível por causa de uma tampa de bueiro”, diz Dorsila Martins, cunhada da idosa.

Segundo o boletim de ocorrência, a aposentada caminhava por um terreno na Rua Castro Alves, no início da manhã de terça-feira (17), quando caiu no bueiro. Consta no registro da Polícia Civil que ela sofreu uma torção no pescoço. O Corpo de Bombeiros foi chamado, mas a idosa não resistiu.

Buraco aberto há anos

Em nota divulgada após a morte de Ana Alice, a Prefeitura informou que o local estava sinalizado. No entanto, moradores vizinhos dizem que não havia alerta. “[A sinalização] Foi colocada hoje de manhã depois que aconteceu o acidente. A gente passava e via o buraco aberto. Não tinha nada sinalizando, não. Faz muito tempo que está aberto, faz anos”, diz a dona de casa Regiane Araújo.

clique na imagem e saiba mais

O porteiro Reginaldo Carvalho, que também mora no bairro, afirma que há três anos a estrutura está aberta no terreno. De acordo com o secretário de Obras de Jaboticabal, Alessandro Martinho Churata, a tampa do bueiro havia sido trocada em outubro, mas precisou ser substituída novamente em novembro.

“No início de novembro, informaram novamente que estava quebrada. Detectaram realmente que estava e produziram. Como demora de 7 a 10 dias para estar realmente seca, para poder carregar ela, até produzir e levar lá novamente demora um tempo, para poder dar a cura do concreto”, diz.

Moradores dizem que buraco foi sinalizado pela Prefeitura de Jaboticabal, SP, após morte de idosa — Foto: Luciano Tolentino/EPTV

Investigação

O boletim de ocorrência foi registrado como mortes suspeita e acidental. O delegado Oswaldo José da Silva instaurou inquérito para apurar a causa e a eventual responsabilidade da Prefeitura.

Um exame feito ainda nesta terça-feira não foi capaz de apontar se a queda foi determinante para o óbito da aposentada. “A perícia técnica não determinou nenhuma lesão que pode ter contribuído para o evento morte. Foram coletados materiais e encaminhados para o laboratório. O resultado desses exames é que vai auxiliar o registro da conclusão do laudo.”

Em frente ao local onde Ana Alice foi achada morta há outro bueiro sem tampa. O secretário diz que a estrutura será fechada ainda nesta quarta-feira (18). “Era para ter colocado hoje [terça-feira] essa tampa, ela está pronta. Devido ao acontecido, acabou não fazendo.”