No seu relato na delegacia, a mulher disse que mudou recentemente para o imóvel após recomendação médica.

Uma idosa procurou o 1º Distrito Policial de Limeira (SP) nesta sexta-feira (19/10), para relatar que está passando por dificuldades com uma de suas vizinhas.

Segundo informações, a moradora de três casas abaixo da dela usa um desinfetante com um cheiro muito forte para limpar o quintal da residência. Ela se sente incomodada pois é alérgica a vários produtos e que já tentou conversar com o desafeto, mas sem sucesso.

No seu relato na delegacia, a mulher disse que mudou recentemente para o imóvel após recomendação médica, pois, na rua onde ela morava, no Centro, passava muitos veículos. A orientação do profissional foi que ela se mantivesse longe da fumaça dos escapamentos.

Em 2010, a mesma mulher procurou a DDM (Delegacia de Defesa da Mulher) para relatar que havia se desentendido com a administração de um condomínio da cidade por causa do cheiro dos produtos usados nas áreas comuns do local. O registro foi feito como “não criminal”.

Com informações: Repórter Carlos Gomide – TV Jornal de Limeira


Aviso: Os comentários só podem ser feitos via Facebook e são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros, sendo passível de retirada, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Tem uma sugestão de reportagem? Nos envie através do WhatsApp (19) 99861-7717.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here