Idoso de 90 anos, faz réplica de madeira em miniatura do Monumento do Obelisco de Araras, SP

O Monumento do Centenário, também conhecido como Monumento do Obelisco, foi erguido em comemoração aos cem anos da cidade, na Praça Barão.

A Praça Barão é considerada a mais importante da cidade, sendo o início do povoamento na origem de Araras (SP), junto com o terreno cedido para a construção da Capela Nossa Senhora do Patrocínio, atual Basílica. Seu nome vem de um de seus fundadores, Bento de Lacerda Guimarães (Barão de Araras).

Nela, estão localizadas importantes edificações como a Igreja Matriz de Nossa Senhora do Patrocínio e a Casa da Cultura Emílio Silvestre Wolff, assim como atrações como lagos, fonte luminosa e o Monumento do Centenário. A Praça foi tombada pelo Conselho Municipal do Patrimônio Histórico, Artístico e Cultural em 1989.

O Monumento do Centenário, também conhecido como Monumento do Obelisco, foi erguido em comemoração aos cem anos da cidade, na Praça Barão de Araras, considerada o coração da cidade. O Monumento foi projetado pelo professor e artista plástico Antônio de Souza Rodini, conhecido como Toninho Rodini.

Seu Antônio Arsene, que hoje tem 90 anos, ajudou a construir, fez uma réplica em madeira com o nome de todos daquela época. De acordo com Ortemia Arsene, sua única filha, mesmo com Alzheimer seu pai se lembra muito bem de cada detalhe da construção. Veja abaixo:

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP