Igreja Batista da Lagoinha cria mercado solidário para famílias carentes no interior de SP

Semelhante a um mercado convencional, projeto permite que famílias em situação de vulnerabilidade retirem alimentos e produtos de higiene de forma gratuita. Veja como contribuir.

Quase 300 famílias em situação de vulnerabilidade social estão sendo ajudadas por um projeto em Tatuí (SP). Uma igreja evangélica da cidade montou um mercado solidário, onde pessoas cadastradas podem retirar, gratuitamente, alimentos e produtos de limpeza.

A iniciativa foi criada pela Igreja Batista da Lagoinha. De acordo o pastor auxiliar, Asafe Rafael, a instituição já costumava distribuir cestas básicas nas comunidades carentes, mas com o aumento da demanda durante a pandemia de coronavírus, foi necessário se replanejar.

“Queríamos ampliar as doações e torná-las mais assertivas. Algumas famílias não utilizavam todos os produtos da cesta, enquanto outras necessitavam de mais produtos. Foi então que decidimos centralizar as doações e pensar em um método mais justo”, contou o pastor.

Agora, as pessoas que desejam retirar os produtos no mercado solidário precisam preencher um formulário online ou presencialmente na igreja, de terça-feira ou quinta-feira, das 14h às 17h, com informações pessoais e financeiras.

A partir desses dados, a equipe da chamada “Casa do Pão” avalia a necessidade dos moradores e entra em contato com as famílias, que recebem um crédito para retirar alimentos e itens de higiene.

Vilma Estanagel, uma das beneficiadas pelo projeto, contou que a iniciativa veio em boa hora. Casada e mãe de quatro filhos, somente ela possui um emprego fixo na casa. “Só eu trabalho em casa. Então, as coisas ficam difíceis, né? Essa ajuda é muito bem-vinda”, afirma a moradora.

Moradores podem doar alimentos e produtos de higiene à Casa do Pão em Tatuí — Foto: TV TEM/Reprodução

Doações

O espaço da “Casa do Pão” foi construído através da doação de fiéis e comerciantes locais. Segundo o pastor, o projeto tem sido bastante procurado por moradores da região e, por conta disso, a intenção é ampliar a estrutura do mercado e as doações de produtos. “Desde o primeiro dia de funcionamento, o número de pessoas interessadas disparou, passando de 30 para 280 famílias atendidas. A nossa vontade é atender todo mundo, mas não está sendo possível. Temos muito espaço e voluntários, mas faltam prateleiras e alimentos. Estamos em busca de doações e até mesmo o apoio de empresas.”

Os interessados em contribuir com o projeto podem ajudar de duas formas: levando alimentos não perecíveis e produtos de higiene no ponto de arrecadação ou transferindo um valor em dinheiro para a igreja.

Ainda de acordo com o pastor, ao realizar a compra dos produtos para o mercado, a equipe do projeto envia um cupom fiscal aos contribuintes. E caso o interessado tenha uma quantidade considerável de doações físicas e não tenha como levá-los ao espaço de arrecadação, os organizadores também vão até o local para retirar a mercadoria.

Mais informações sobre o projeto podem ser obtidas pelo WhatsApp (15) 99699-7979. O ponto de arrecadação da “Casa do Pão” fica localizado na Rua Pedro Amaral Lincoln, 70, Bairro San Raphael.

*Com informações de Aline Galdino, TV TEM, e sob supervisão de Júlia Nunes.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT