Imagens feitas com drone mostram cenário de destruição após esplosão em posto de combustíveis em Rio Claro, SP

Ao menos dez caminhões que estavam no posto foram atingidos pela explosão e pegaram fogo. O muro de uma empresa ao lado não resistiu e desmoronou. Uma lanchonete também ficou destruída.

Imagens de drone feitas pela JR drones Rio Claro, mostram o cenário de destruição após esplosão em posto de combustíveis na noite de quarta-feira (30), na cidade de Rio Claro (SP). O deslocamento de ar causado pelas explosões causou danos no posto, no restaurante do local e em casas da região em um raio de aproximadamente 15 km, segundo a Defesa Civil.

O homem de 42 anos, que não resistiu aos ferimentos após ser socorrido na explosão.

Nesta manhã de quinta-feira (1º), o diretor de urgência e emergência de Rio Claro (SP), Rafael Garcia, gravou um vídeo onde diz sobre a morte de um homem de 42 anos, que não resistiu aos ferimentos após ser socorrido na explosão. A informação foi divulgada pelo portal de notíciais GrupoRioClaroSP.

O diretor informa no vídeo que 15 feridos estão no PSMI, UTI da Santa Casa e Upa da 29, sendo que um faleceu, outro está em estado grave e 13 com lesões leve. Conforme as informações do Boletim de Ocorrência, além das vítimas que o médico relata, tem mais 8 vítimas, sendo uma mulher socorrida no hospital Santa Filomena e 7 pessoas no PS de Ipeúna.

Sobre a explosão

A explosão causada nesta noite de quarta-feira (30), por volta das 18h30, no pátio do Auto Posto Confiante, localizado no Km 175, as margens da Rodovia Washington Luis (SP-310), no bairro Jardim Mirassol, em Rio Claro (SP), teve 23 pessoas feridas. De acordo com informações do portal de notícia GrupoRioClaroSP.

Conforme as informações do Boletim de Ocorrência, até as 5h50, desta manhã de quinta-feira (1º), foi confirmado que dezoito homens e cinco mulheres ficaram feridos. Os feridos foram socorridos na UPA da 29, PSMI, UTI da Santa Casa, Hospital Santa Filomena e PS de Ipeúna. Doze veículos foram atingidos na explosão.

O motorista do caminhão de 61 anos, onde o fogo teve início, está internado no PS de Ipeúna, a equipe da Polícia Civil foi até Ipeúna e ouviu o homem, que relatou que saiu cerca das 18 horas de Charqueada (SP), carregado com algum tipo de Óleo Vegetal, que não soube precisar, e com destino a Mogi Guaçu (SP).

Cerca de 30 minutos depois, parou no pátio do Posto e desceu para tomar banho e jantar. Que ao retornar cerca de meia hora depois viu uma fumaça sobre o caminhão; que tentou manobrá-lo para tirar do pátio, mas estava bloqueado por outros caminhões; assim dirigiu-se aos frentistas para pedir ligação ao Corpo de Bombeiros, mas momentos depois o caminhão pegou fogo e explodiu.

Desencontro de informações

Durante o atendimento da ocorrência o prefeito Gustavo Perissinotto, confirmou que quatro pessoas tinham morrido (assista abaixo) após atendimento médico, depois voltou atrás e disse que errou, pois houve desencontro de informações e não houve mortes em explosão.

A Secretaria Municipal de Saúde de Rio Claro informou no final da noite desta quarta-feira (30), que houve desencontro de informações e que até o momento não há confirmação de óbitos na explosão ocorrida no posto de combustível em Rio Claro nesta quarta-feira.

Conforme a assessoria de imprensa enviou a nota anteriormente para todos os órgãos de imprensa, confirmando as quatro vítimas fatais, e por se tratar de um órgão oficial, nossa equipe de reportagem publicou a notícia, agora retificando a informação e pede desculpas conforme o equívoco da prefeitura.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT