Incêndio em canavial deixa parte da região leste encoberta por fumaça em Araras, SP

As condições climáticas de estiagem, altas temperaturas, ventos fortes e baixa umidade são fatores que agravam a situação.

Um incêdio de grandes proporções em um canavial está em andamento na tarde deste sábado (21), próximo da Avenida Luiz Carlos Tunes Branco (Via Novela), na região do Olívia Park em Araras (SP). Assista ao vídeo abaixo.

De acordo com informações de populares, parte da região leste está encoberta pela fumaça, que dificulta bastante a respiração dos moradores mais póximos do local, principalmente crianças e idosos. Acredita-se que a queimada tenha sido criminosa, e por conta das condições climáticas da cidade, o fogo se espalha rapidamente.

Nesta época do ano, as queimadas se intensificam e alteram o cenário das cidades, ocasionando diversos prejuízos e transtornos. As condições climáticas de estiagem, altas temperaturas, ventos fortes e baixa umidade são fatores que agravam a situação. Mas é a ação humana uma das principais responsáveis pelo fogo que destrói e contribui para um período caótico, tanto para a saúde do planeta quanto da população. 

Perigo à saúde humana 

Além de ser um grande problema ambiental, as queimadas acarretam em uma série de prejuízos à saúde humana de acordo com especialistas. Por conter vários elementos tóxicos ao nosso organismo, a fumaça liberada durante as queimadas agrava algumas doenças respiratórias, como a asma, bronquite, sinusite, rinite e a Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC).

Crianças, pessoas com doenças crônicas e idosos são os mais vulneráveis aos impactos da fumaça no organismo. Esses grupos podem ter a imunidade mais prejudicada e estar mais suscetíveis a complicações. Porém, a fumaça das queimadas pode também afetar pessoas sadias, desencadeando doenças respiratórias ou processos alérgicos. As queixas por problemas respiratórios se multiplicam nessa época de estiagem. 

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT