Inflação desacelera em outubro para 0,65%

Inflação desacelera em outubro para 0,65%

Por Agencia Brasil – Em setembro, IPC-S teve alta de 0,82%.

A inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Semanal, da Fundação Getúlio Vargas, desacelerou em outubro e fechou o mês com variação de 0,65%. Em setembro, o IPC-S registrou alta de 0,82%.

Os dados divulgados nesta terça-feira (3), pela FGV, mostram que em outubro, a queda no preço da passagem aérea, foi o que mais contribuiu para o recuo do indicador.

Também caíram os preços de óleos e gorduras, de alimentos para animais domésticos, dos equipamentos eletrônicos e das roupas.

clique na imagem e saiba mais

O coordenador do IPC Brasil, da Fundação, Paulo Picchetti, explicou que o recuo nos preços em outubro, tira um pouco a preocupação com a alta da inflação, que, segundo ele, começa a voltar a normalidade depois de meses. O economista acredita que a inflação deve fechar este ano de 2020 acima dos 3%.

Em outubro, a alta dos preços da gasolina e de aparelhos médico-odontológicos foi o que mais pressionou para cima o IPC-S. Com este resultado, a inflação semanal acumula alta de 3,09% no ano e de 4,38% nos últimos 12 meses.