Influencer tem contas hackeadas e criminosos aplicam ‘golpe do PIX’ contra seguidores: ‘Desesperador’

Brunna Ruvira teve linha de celular repassada para outra pessoa. Assim, suas contas no Instagram e WhatsApp, que ela utilizava para trabalhar, foram hackeadas.

Uma influenciadora digital de São Vicente, no litoral de São Paulo, teve suas contas hackeadas após sua linha de telefone ser repassada a outra pessoa. As contas no Instagram e no WhatsApp de Brunna Ruvira, de 21 anos, estão sendo utilizadas para aplicar o ‘golpe do PIX’ contra seguidores e familiares. A jovem diz que não conseguir retomar o acesso é “desesperador”.

A jovem explicou que, por trabalhar com sua conta no Instagram, que acumulava mais de 50 mil seguidores, ela utilizava autenticação de dois fatores, justamente para evitar a ação de hackers. Há uma semana, porém, sua linha telefônica foi passada para outra pessoa, assim, conseguiram entrar no perfil dela no Instagram.

Os golpistas alteraram o e-mail e senha da conta, impedindo que ela conseguisse retomar o acesso. Por terem o número, seu WhatsApp também foi hackeado. “Estão com o meu perfil até agora, se passando por mim, postando como se fosse eu e vendendo iPhones falsos”, relata a influencer.

WhatsApp de modelo e influencer também foi hackeado — Foto: Arquivo Pessoal

Estão falando que eu faço programa

A modelo e influencer diz que vem sofrendo “prejuízo financeiro e psicológico”, enquanto outros se passam por ela nas redes. Brunna conta que, no Instagram, aplicam golpes fingindo que vão vender produtos via PIX, e depois de receberem o dinheiro, bloqueiam as pessoas. “Também estão falando que eu faço programa, e que tem que fazer PIX adiantado. Estou traumatizada com tudo isso, e com medo. Está sendo desesperador”, desabafa a jovem.

Brunna explica que já iniciou o processo para entrar na Justiça e conseguir suas contas de volta. Ela disse que desconfia que algum funcionário da operadora telefônica tenha relação com o grupo que hackeou suas contas.

Secretaria de Segurança Pública

Em nota, a Secretaria de Segurança Pública (SSP) informou que a jovem foi vítima de invasão de dispositivo informático, e que o caso foi registrado pela Delegacia Eletrônica e encaminhado ao 1º Distrito Policial de São Vicente.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP