INSS é autorizado a realizar concurso público com 1.000 vagas

PUBLICIDADE

O valor do salário oferecido ainda não foi divulgado.

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) recebeu autorização do Ministério da Economia para a realização de um novo concurso público. A informação foi divulgada no Diário Oficial da União de segunda-feira (13).

De acordo com o documento, o aval é para o provimento de 1.000 cargos de técnico do Seguro Social do quadro de pessoal do Instituto. O valor do salário oferecido ainda não foi divulgado.

O provimento dos cargos dependerá de prévia autorização do Ministério da Economia, e está condicionado:

I – à existência de vagas na data de publicação do edital de abertura de inscrições para o concurso público;

II – à declaração do ordenador de despesa responsável, quando do provimento dos cargos, sobre a adequação orçamentária e financeira da nova despesa à Lei Orçamentária Anual e sua compatibilidade com a Lei de Diretrizes Orçamentárias, demonstrando a origem dos recursos a serem utilizados.

A portaria informa ainda que a responsabilidade pela realização do concurso será do Presidente do Instituto Nacional do Seguro Social, a quem caberá editar as respectivas normas, mediante a publicação de editais, portarias ou outros atos administrativos necessários.

O prazo para a publicação do edital de abertura do concurso público será de seis meses, contado a partir da publicação desta segunda (13), ou seja, até dezembro de 2022.

 

Anteriormente, o pedido por novo concurso havia sido solicitado ao Ministério da Economia com 7.575 vagas. A divisão das vagas por cargo se deu da seguinte forma:

  • Técnicos: 6.004 vagas
  • Analistas: 1.571 vagas

Mais de cinco anos sem concurso

O último concurso do INSS foi realizado em 2015 e ofereceu chances para analista e técnico do seguro social. 950 candidatos foram aprovados e convocados. O Cebraspe foi o organizador. O concurso teve um total de 1.087.804 inscritos. De acordo com o edital, os salários eram de R$ 4.886,87 e R$ 7.496,09, com lotação em todo o Brasil. 

PUBLICIDADE

Receita Federal também recebeu aval

Após quase dez anos sem realizar uma seleção pública, o concurso da Receita Federal está oficialmente autorizado. O documento que autoriza o certame foi publicado no Diário Oficial da União, nesta segunda-feira (13).

Segundo a portaria autorizativa, serão oferecidas 699 vagas para analistas e auditores. O quantitativo de vagas será distribuído da seguinte forma:

Além do longo tempo sem editais publicados, o concurso da Receita Federal chama  a atenção dos concurseiros por causa das remunerações e benefícios. Para o cargo de auditor, por exemplo, a remuneração atual é de R$21.487,09 já somada com o auxílio-alimentação de R$458.

Já a carreira de analista oferece remuneração mensal de R$12.142,39. Todos os selecionados serão contratados pelo regime estatutário, que assegura a estabilidade empregatícia.

PUBLICIDADE
CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP