Jovem é indiciado após confessar que perseguiu mulher na saída da academia porque queria fazer sexo

Na ocasião, ele a “fechou” no trânsito, se aproximou e tentou desligar a moto, porém ela conseguiu fugir.

Um jovem de 26 anos foi indiciado nesta quarta-feira (31) após confessar que perseguiu uma mulher, de 30 anos, assim que ela saiu da academia, no Parque dos Poderes, em Campo Grande. Ele já possui histórico criminal e agora deve responder por importunação sexual.

Segundo o delegado Mikaill Faria, responsável pelas investigações, o crime teria ocorrido no dia 2 de março, por volta das 20h (de MS). Na ocasião, a vítima saía da academia e, no trajeto para casa, ocorreu a perseguição.

Como estava em uma motocicleta, a mulher teria sido “fechada” no trânsito pelo suspeito, que se aproximou e tentou desligar a moto dela. No depoimento, ela disse que “ficou assustada, mas, felizmente conseguiu fugir”.

Já na delegacia, ao ser interrogado, o suspeito confessou o crime para o delegado e disse que “não a agrediu e nem a tocou”. No entanto, a abordou “porque queria fazer sexo com ela”.

O suspeito, que possui antecedentes por estupro, lesão corporal dolosa e ameaça, vai responder por mais este crime, com pena que pode chegar a 5 anos de reclusão.

Ainda conforme a polícia, a orientação é que as mulheres tenham cuidado ao saírem sozinhas à noite e, caso tenha ocorrido algo, procure a unidade policial mais próxima.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT