Jovem é preso e adolescentes são detidos suspeitos de matar idoso para roubar joias

Vítima de 87 anos foi encontrada morta dentro de casa pela filha. Menores confessaram o crime, segundo a Polícia Civil. Parte dos objetos roubados estava na casa de um dos investigados.

Dois adolescentes de 16 e 17 anos foram apreendidos e um jovem de 18 foi preso nesta sexta-feira (1º), em Monte Alto (SP), por suspeita de invadir a casa de um idoso de 87 anos, roubar suas joias e matá-lo. Um comparsa do trio, que também participou da ação, ainda não foi identificado.

Segundo a Polícia Civil, as apreensões e a prisão ocorreram por volta das 6h, com apoio da Polícia Militar e da Guarda Civil Municipal (GCM), após 11 dias de investigação. A invasão à casa, que ocorreu na manhã de 21 de março, foi registrado por câmeras de segurança da vizinhança.

Os adolescentes foram levados ao Centro de Atendimento Socioeducativo ao Adolescente (Fundação Casa). Já o jovem está preso na Cadeia Pública de Pradópolis, após a Justiça ter decretado sua prisão temporária, com validade de 30 dias, que pode ser prorrogada.

Ainda segundo a Polícia Civil, o trio já é conhecido entre os policiais, por já ter sido detido no passado por suspeita de tráfico de drogas e roubos.

Câmeras de segurança registraram ação de jovens suspeitos de roubar e matar idoso em Monte Alto (SP) — Foto: Câmera de segurança/Reprodução

Crime violento

As imagens mostram que, por volta das 7h20, o grupo pulou o portão de grades e invadiu a casa do idoso, localizada na Rua Sabino de Camargo, no Jardim Califórnia. Cerca de 30 minutos depois, as câmeras registraram o quarteto saindo da residência.

O idoso foi encontrado morto pela filha, que foi até o imóvel por volta das 14h para entregar o almoço. O corpo estava no chão da sala de estar, coberto por um tapete, com mãos e pés amarrados com panos.

Ainda segundo a Polícia Civil, os criminosos agrediram a vítima com socos, chutes e coronhadas. Eles teriam dito à polícia que o idoso teria reagido ao assalto e tentado agredi-los com um machado.

O crime repercutiu na cidade, que tem cerca de 50 mil habitantes. Os moradores ficaram surpresos com a violência que o grupo teria empregado contra o idoso, ainda segundo a Polícia Civil.

Os criminosos reviraram todos os cômodos da casa e roubaram folhas de cheque, R$ 40, perfumes e joias, como brincos, colares, correntes, pulseiras e anéis de ouro. Uma parte das joias foi recuperada pela Polícia Civil na casa de um dos adolescentes.

Joias roubadas de idoso de 87 anos em Monte Alto (SP) são recuperadas pela Polícia Civil — Foto: Polícia Civil/Divulgação

Investigação

Ainda segundo a Polícia Civil, os adolescentes confessaram o crime. Eles levaram a polícia até uma mata no bairro Mutirão, onde os agentes encontraram enterrados um cartucho de munições que havia sido roubado do idoso. Uma espingarda, que também teria sido roubada, não foi encontrada.

O trio não revelou a identidade do quarto integrante do grupo. A polícia espera identificá-lo a partir da análise de trocas de mensagens nos celulares dos suspeitos, que foram apreendidos com autorização da Justiça.

O crime foi registrado como latrocínio, que é roubo seguido de morte, pela delegacia de Monte Alto, que investiga o caso. Um laudo do Instituto Médico Legal (IML) deve apontar a causa da morte do idoso.

 
CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT