Jovem morre carbonizada durante fogo em residência em São Carlos, SP

Existe a suspeita que ela tenha sido vítima de latrocínio. O principal suspeito é seu ex-namorado, conhecido como Alan.

Nesta manhã de quarta-feira (18), Iasmin Smargiase Domingues de 28 anos, foi encontrada com o corpo carbonizado em uma residência na Rua Carolina Maria Teixeira Cotrim, no bairro Jardim Zavaglia, em São Carlos (SP), quando.

A casa onde Iasmin reside pegou fogo e vizinhos solicitaram o Corpo de Bombeiros que debelaram as chamas e encontraram o corpo da vítima carbonizado, caído no quarto.

As testemunhas informaram ainda que durante a madrugada ouviram ruídos no interior da casa. Existe a suspeita que ela tenha sido vítima de latrocínio. O principal suspeito é seu ex-namorado, conhecido como Alan.

As afirmações foram dada pelo delegado Gilberto de Aquino, responsável por apurar o caso. Em entrevista coletiva, ele salientou que Iasmin vivia sozinha e era deficiente física.

BARULHOS

Nas primeiras apurações, junto a vizinhos, obteve várias informações. Durante a madrugada foram ouvidos barulhos e chamaram a atenção. Uma vizinha afirmou que saiu para ver o que era e garantiu ter visto duas pessoas que estavam no carro da vítima, um Honda.

Um deles seria o ex-namorado de Iasmin. Indagado pela testemunha, o suspeito que conhecia a vítima desde a infância afirmou que “iria sumir, porque fez o que tinha que fazer”. A testemunha disse ainda que Alan agredia constantemente Iasmin e já teria furtado um celular dela.

A testemunha disse ainda que viu labaredas sair da casa e tentou arrombar a porta e não conseguiu. Foi no quarto onde dormia Iasmin e conseguiu abrir. Porém viu a jovem caída e queimada. Aquino disse na entrevista ainda que familiares foram até a casa e reconheceram o corpo de Iasmin.

CAÇA AO EX-NAMORADO

A princípio, o delegado caracteriza o caso como latrocínio (roubo seguido de morte) com agravantes, como o incêndio na casa, que foi considerado criminoso.

Além de matar Iasmin, o ex-namorado é acusado de roubar TV, eletrodomésticos e o carro da vítima. A Polícia Militar foi acionada e está a cada do suspeito de matar a jovem.

Fonte: São Carlos Agora

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT