Jovem morto ao defender a mãe em assalto deixava declarações de amor a ela

clique na imagem e saiba mais

O jovem Mateus dos Santos Lessa, 22, morto ao defender a mãe, Carla Cristina Rodrigues Santos, durante um assalto na noite de terça-feira (15), deixava constantes declarações de amor a ela em suas redes sociais.

Na tentativa de assalto ao supermercado de Carla, da rede Poup Market, localizado na Rua Francisco Furtado, em Guaratiba, zona Oeste do Rio, o jovem foi atingido por três tiros ao se colocar entre a mãe e um dos dois assaltantes. Os disparos atingiram Mateus no braço, na mão direita e no pescoço. Ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu.

Em seu Facebook, uma das primeiras declarações públicas feitas à mãe data de 18 de junho de 2016, na qual aparece abraçado com Carla em uma foto, com a legenda “Mãe”, ao lado de um coração.

No dia do aniversário dela, 1º de maio, o jovem postou um texto homenageando-a. “Mãe, Hoje é o seu dia, o dia mais importante do ano, o dia que você completa mais um ano de vida. É coroa, tá ficando velhinha. Apesar da idade HAHAHAHHAA ainda continua lindona, nem parece que já é vovó. Enfim, quero te desejar tudo de mais maravilhoso que existe nesse mundo, que você continue sendo essa pessoa brincalhona, alegre, chata ( às vezes não nego) e super protetora com todos a sua volta. Te amo”.

Postagem deixada por ele no aniversário da mãe, em 2016 (Reprodução/Facebook)

O caso está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios (DH) do Rio de Janeiro.