Jovem que estava grávida e mais dois ocupantes morrem após colisão com carro

Mais uma tragédia no trânsito da região e desta vez envolvendo três jovens, sendo uma mulher grávida.

Por volta das 23h30 de sábado (22), um rapaz de 18 anos, morador no Polvilho, em Cajamar (SP), dirigia um Corsa pela Avenida Tenente Marques, altura do Banco Itaú, quando perdeu o controle da direção e bateu violentamente contra um poste de energia elétrica.

No local morreram os passageiros do carro, Guilherme Pereira Evangelista, de 19 anos, e Julia Viviane Freire da Silva, de 19 anos, moradores do Polvilho. A terceira passageira, Sthefany Rafaela Looze da Silva, de 18 anos, também moradora no Polvilho, perdeu o bebê que esperava no acidente e ficou internada em estado gravíssimo no hospital de Taipas, na Capital, até ter sua morte confirmada nesta manhã.

O delegado do Plantão Policial da cidade de Cajamar, doutor Bruno Rafael Filhiolino, compareceu ao Hospital  Regional e tentou conseguir exame de sangue do jovem que dirigia o Corsa, mas ele se recusou. A Polícia Civil queria identificar o índice de toxicológico ou embriaguez.

Diante dos fatos, o doutor Bruno anunciou no hospital que o motorista estava preso por triplo homicídio; por dirigir veículo sem ter habilitação; por causar a morte do bebê que a terceira passageira esperava e por colocar em risco a vida de outras pessoas.

O delegado também requisitou à Polícia Militar de Cajamar que determine um policial para fazer a escolta do motorista até que ele se recupere, devendo recolhê-lo à Cadeia Pública da cidade tão logo se recupere dos ferimentos.

Os corpos das vítimas Guilherme e Júlia foram encaminhados para exames necroscópicos na manhã deste domingo (23) no Instituto Médico Legal (IML) de Franco da Rocha, sendo liberados para sepultamento à tarde no cemitério municipal de Cajamar. O carro utilizado pelo jovem de 18 anos foi apreendido.

Com informações do JR, Cajamar Notícias e Destaque Regional

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT