Jovem reencontra adolescente que salvou de afogamento na véspera de Ano Novo e recebe homenagem em Araras, SP

Equipes da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e SAMU – Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, também estiveram no local.

Na manhã desta terça-feira (23), o jovem Luan Cintra dos Santos, foi homenageado na sede do Corpo de Bombeiros na cidade de Araras (SP), por conta do ato heróico no salvamento que ele realizou no dia 31 de dezembro de 2020. Luan, salvou um adolescente de 14 anos que se afogou enquanto nadava em um local conhecido como ‘laguinho’.

clique na imagem e saiba mais

Sobre o afogamento

Na tarde desta quinta-feira (31), equipes da Polícia Militar foram acionadas para atender uma ocorrência, onde um adolescente de 14 anos que estaria se afogando no córrego Andrézinho, localizado atrás na FHO (UNIARARAS), na cidade de Araras (SP). Ele chegou a ficar submerso por alguns minutos, quando um rapaz que não o conhecia, de nome Luan Cintra dos Santos, que também estava no local, conversando com uma pessoa viu a cena, pulou na água e o resgatou.

De acordo com informações, quando os policiais chegaram o garoto já havia sido retirado da água pelo jovem Luan Cintra dos Santos, filho do GCM subinspetor Anilton, que ao ver a vítima se afogando não pensou duas vezes, deu a volta no lago e pulou para resgatá-lo, em seguida fez massagem cardíaca para reanimá-lo.

“Eu estava aqui próximo ao laguinho no Jardim Dom Bosco conversando com uma menina, e tinha alguns garotos brincando no meio do mato, do nada eu vi quando um deles estava afundando na água, e não estava conseguindo subir. Fui pra lá correndo pra ver o que estava acontecendo, e ele estava submerso, foi quando pulei na água, consegui achar o corpo dele e puxei pra cima, levando até o barranco. Comecei a fazer massagem cardíaca e ele não conseguia respirar, foi quando ele começou a dar sinais de respiração e expeliu a água que havia ingerido e recuperou a consciência. Liguei no 190 e o policial que me atendeu foi me passando algumas orientações pelo telefone e pediu para eu não desligar, foi quando rapidamente chegou equipes da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e SAMU, que levaram o menino para o hospital, e tudo terminou bem”, disse Luan.

Apesar do garoto ter ficado submerso por alguns minutos, foi retirado do local de difícil acesso com vida, expeliu bastante em virtude de ter ingerido muita água e posterirmente foi levado para o Hospital São Luiz consciente, e neste momento está passando por atendimento médico no pronto socorro, e passa bem. 

Equipes do Corpo de Bombeiros e SAMU – Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, também estiveram no local. A ocorrência está sendo registrada pelos policiais militares cabo Stephani e cabo De Carli, que tiveram apoio dos PMs cabo Pires, cabo Belucci e soldado Gallo (Força Tática), e dos policias cabo Wilson Fontes e cabo Rômulo.

ÁGIL DPVAT