Jovens da Fundação Casa farão cursos em Etecs e Fatecs

Anúncio
Clique na imagem. Link direto para Whatsapp


Aprovados nos vestibulares do Centro Paula Souza, 21 reeducandos vão estudar cursos técnicos e outros cinco vão cursar ensino superior.

Em julho, 26 jovens que cumprem medidas socioeducativas na Fundação Casa receberam a notícia de um importante passo para ressocialização e qualificação profissional. Eles foram aprovados nos vestibulares do Centro Paula Souza para cursos técnicos e ensino superior.

Um dos estudantes aprovados é Carlos (nome fictício), que cumpre medida no centro de Botucatu. O adolescente recebeu a notícia de que foi aprovado no processo seletivo da Escola Técnica Estadual (Etec) para o curso técnico de Mecânico de Maquinagem.

A conquista foi um complemento à trajetória do jovem, que iniciou no mês passado um estágio na Secretaria de Assistência Social, por meio do Centro de Integração Empresa-Escola (Ciee). O sonho do adolescente é trabalhar um dia na Embraer.

No segundo semestre, 159 jovens da Fundação foram inscritos para participar das provas das Etecs e outros 57 jovens fizeram os vestibulares das Fatecs. Os aprovados cumprem medidas nas unidades de Itanhaém, São Vicente, Mongaguá, Franco da Rocha, em unidades da capital, do interior (Irapuru, Mirassol, Tanabi, Botucatu, Cerqueira César e São Carlos) e em Jacareí, no Vale do Paraíba.

De acordo com a gerente de Educação Profissional da Fundação Casa, Cristina Lumiko Nakasone Watanabe, o desempenho dos jovens é fruto de um trabalho integrado.

“As equipes multiprofissionais dos centros analisam caso a caso. Quando detectam que o jovem tem perfil para cursar uma Etec ou uma Fatec, elas começam então um trabalho de reforço”, disse. “Os servidores do setor pedagógico trazem provas antigas e refazem com eles, aplicam simulados e tiram dúvidas”, explicou.

Siga Beto Ribeiro Repórter e FATOS POLICIAIS no facebook, e fique por dentro de todas as novidades!