Jovens em situação de vulnerabilidade social podem concorrer a bolsas de estudos

PUBLICIDADE

Ao todo são 7.843 vagas para cursos profissionalizantes; objetivo é dar chance de qualificação, empregabilidade e empreendedorismo.

Jovens em situação de vulnerabilidade social de todo o país, podem concorrer a uma das 7.843 vagas dos cursos profissionalizantes em EAD (Educação a Distância), disponibilizados por uma ação entre empresa privada e ONG Visão Mundial.

Os interessados vão poder pleitear uma bolsa nas áreas de administração, tecnologia e idiomas. O objetivo é dar oportunidade de qualificação, empregabilidade e empreendedorismo. As vagas serão distribuídas por entidades parceiras, que vão selecionar os candidatos. 

PUBLICIDADE
O projeto terá duração de um ano, e a expectativa é disponibilizar cerca dois mil cursos por mês, totalizando mais de 24 mil cursos até março de 2023. Confira a relação dos cursos disponíveis: gestão administrativa, criação e edição de vídeos, designer gráfico, informática, manutenção de computador e celular, excel para o mercado de trabalho, recursos humanos, criação de aplicativos, criação de jogos digitais, inglês rápido e marketing digital.
 
A iniciativa é resultado de parceria entre a Microcamp e Visão Mundial. Todos os cursos estão disponibilizados na plataforma de conteúdo digital da instituição, pela internet.
PUBLICIDADE
CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP