Justiça libera motorista de caminhão-pipa que tombou e matou duas crianças

Crianças estavam em cima do caminhão quando o motorista perdeu o controle e o veículo caiu sobre elas. Condutor teve ferimentos leves, mas foi preso por homicídio culposo, sem intenção de matar.

O motorista do caminhão-pipa que tombou na zona rural de Salto Grande (SP) e matou duas crianças foi liberado pela Justiça após passar por audiência de custódia nesta sexta-feira (5).

O homem tinha sido preso em flagrante por homicídio culposo, quando não há intenção de matar. De acordo com a Polícia Civil, as duas crianças, de 9 e 10 anos, estavam do lado externo do caminhão, na carroceria, em uma espécie de cercado de ferro em cima do tanque.

No entanto, o motorista perdeu o controle do veículo, que tombou sobre as vítimas numa estrada de terra a cerca de três quilômetros da Rodovia Raposo Tavares (SP-270). As crianças morreram no local. Ainda segundo a polícia, um dos garotos era filho do dono do caminhão para quem o motorista trabalhava e o outro era filho de um funcionário do dono do veículo.

clique na imagem e saiba mais

O motorista do caminhão teve ferimentos leves, mas como ele tinha conhecimento da presença das crianças em cima do veículo, foi preso em flagrante por homicídio culposo, quando não há intenção de matar, mas existe imprudência. Os corpos dos garotos foram levados ao Instituto Médico Legal (IML), a perícia técnica esteve no local e a Polícia Civil investiga as causas do acidente.

ÁGIL DPVAT